Dicas e informações sobre casa e construção

Forro de isopor: vale a pena substituir a laje cerâmica por isopor

Quais as vantagens e desvantagens de usar isopor em substituição à laje cerâmica. Veste este relato de um possível problema com maior aquecimento interno com o uso do isopor.

Precisei alugar uma casa temporariamente a fim de ganhar tempo para comprar ou construir minha casa. Desde que mudei para esta casa percebi que ela tinha um sério defeito: muito quente. Logo nos primeiros dias eu notei que havia algo de errado com o projeto dela e não demorou muito para eu perceber o principal fator influencia o calor interno é a falta de ventilação.

Ventilação

A casa foi feita no famoso modelo em L e isto impede que sejam feitas aberturas como portas ou janelas no fundo para que a ventilação ocorra internamente. Para piorar foi feito uma varanda bem grande em torno da frente da casa, cobrindo todas as paredes voltadas para o terreno. Veja aqui o modelo da casa em L. Então ficou claro que sem ventilação e ainda tendo a varanda para impedir que pelo menos um pouco de ventilação que poderia chegue ao interior da casa, o resultado é uma casa quente.

Forro de isopor

Lembro de conversado com o pedreiro que fez a casa, já que ela é nova, e ele disse que o forro era de isopor. Esta prática é bem comum e muito recomendada por muitos profissionais da área, visto que a substituição da laje cerâmica pelo isopor torna o forro mais leve e serve também como um controlador térmico.

Então até ai nada de errado, mas com o passar do tempo comecei a formular uma teoria que para mim passou a fazer muito sentido. Imagine que você esteja fazendo churrasco e logo que tira a carne assada da churrasqueira ela começa a esfriar, certo? Para evitar isso você coloca ela dentro de uma caixa de isopor e ela se mantém quente por mais tempo. O inverso também é verdadeiro, ou seja, quando você vai para a praia, você tira da geladeira o refrigerante, água e outros alimentos gelados e coloca na caixa de isopor, como resultado eles vão se manter gelados por mais tempo.

Na minha casa parece que ocorre a mesma coisa, quando ela esfria muito no inverno por exemplo, ela tende a manter o frio, mesmo quando lá fora já está mais quente e no verão ocorre a parte ruim, durante o dia a casa esquenta e a noite mesmo quando a temperatura cai bastante lá fora, a casa se mantém quente a noite toda. Mesmo com as janelas abertas.

Veja aqui uma galeria de imagens com lajes de isopor

Vantagens e desvantagens

Eu não sou arquiteto ou engenheiro para afirmar que esta teoria é válida, mas como eu escrevi acima, minha experiência e observação me levou a esta conclusão. Perguntei isso ao arquiteto que está fazendo o projeto da minha casa e ele desconversou, mas também não negou esta possibilidade.

Então se isso for verdade eu coloco como desvantagem o uso do isopor em substituição à laje cerâmica, inclusive este é o item que já risquei do projeto da minha casa. Estando a minha teoria certa ou errada, não quero arriscar. Como vantagem há a questão do peso que é muito menor, desde que você não vá usar a laje para nada.

Se algum especialista quiser comentar sobre o assunto, fique a vontade. Se você já usou isopor em substituição à laje, fique a vontade também para comentar no formulário abaixo.

Diferença de preço

Quando fui construir minha casa, ao comprar a laje o vendedor ofereceu o isopor e me lembro que a diferença de preço era mínima ou nem existia. Sinceramente não lembro os detalhes, mas tecnicamente era irrisória. Evidentemente que não comprei a laje de isopor e sim a laje tradicional.

Existem coisas que a gente não consegue provar para as outras pessoas, mas quando a coisa faz sentido para nós é melhor não contrariar. Esse foi um item que aprendi e talvez eu esteja errado, mas até então ninguém me provou o contrário.

Reboco e gesso

Outra característica que precisa ser levado em conta é que ao colocar laje de isopor, parece que não é possível rebocar a laje e sim colocar gesso para fazer o acabamento. Esta informação foi dada pelo pedreiro que fez a minha casa em uma conversa que tivemos sobre o assunto. Ou seja, é um material e uma técnica de construção que precisa ser bem avaliada para ter certeza de que é a melhor coisa a fazer.

Segurança

Algumas pessoas podem pensar que é inseguro usar isopor na laje, mas neste aspecto o seu uso é visto de forma positiva, pois a lajota ou o isopor serve apenas para dar a base para que seja concretado. O que vai formar a laje resistente são as vigotas e o concreto usinado que vai em cima. Uma vez fundido os dois, o isopor ou a lajota passa a não ter nenhum efeito estrutural.

Algumas perguntas sobre o assunto

Como assim: forro de isopor?

A laje de uma casa é composta de duas peças. Uma delas é a vigota de concreto e aço que são colocadas apoiando cada ponta em uma parede. Essas vigotas são colocadas a uma distância média de uma das outras e a segunda peça são os blocos cerâmicos que se apoiam em cada uma dessas vigotas e vão fechando os espaços. O isopor é usado em substituição a essa segunda peça, ou seja, ao invés de um bloco cerâmico, coloca-se um bloco de isopor que é fabricado com as mesmas dimensões.

Mas isto não tornaria a laje muito frágil?

Neste sentido não, porque o que vai sustentar a laje é a vigota e mais o concreto que será feito em cima depois. Esse bloco, cerâmico ou de isopor, serve apenas para dar sustentação ao concreto enquanto ele não estiver duro.

Mas então ele é vantajoso?

Se desconsiderarmos a minha teoria ou derrubarmos ela, eu vejo vantagens no uso do isopor. Tanto é que ele é bem recomendado e aqui no condomínio que moro já vi pessoas usando ele na construção de suas casas.

Gostou? Compartilhe



© 2012-2017 | Casa Dicas | Deus seja Louvado | Política de Privacidade