Dicas e informações sobre casa e construção

Diferenças de adimplência e inadimplência

Equilíbrio entre a necessidade e desejos. E nessa falta de instrução financeira é que surgem os conceitos de adimplência e inadimplência. Veja suas definições aqui.

Atualmente, o consumo de bens e serviços tem passado por uma fase de exageros, no qual a sociedade não consegue manter um equilíbrio entre a necessidade e desejos. E nessa falta de instrução financeira é que surgem os conceitos de adimplência e inadimplência.

O termo adimplência é empregado para pessoas que apresentam a responsabilidade de cumprir com as suas obrigações financeiras, ou seja, que mantêm e priorizam as suas contas em dia, sem deixar passar a data do vencimento e gerar dívidas futuras.

Já o conceito de inadimplência se resume ao contrário, no qual a pessoa não cumpre com a sua obrigação financeira de pagar as contas dentro da data de vencimento, criando, assim, uma série de dívidas que vão se acumulando e gerando consequências mais críticas para sua situação econômica.

Adimplência versus inadimplência

Sendo assim, se você deseja saber mais sobre as principais diferenças e perfis de adimplência e inadimplência, continue acompanhando esse artigo e veja como adotar uma postura mais responsável com as suas obrigações e evitar se tornar um devedor na praça.

Como evitar a adimplência e inadimplência como meta para a sua educação financeira

Hoje em dia, adquirir algo é muito simples, uma vez que as formas de pagamento são facilitadas, como crediário, cartão de crédito, cheque especial, empréstimo, enfim, várias opções. Entretanto, esse pagamento adiado é o que irá definir os conceitos de adimplência e inadimplência.

Cada vez mais, o número de devedores cresce e isso mostra a falta de conhecimento financeiro para organizar as contas e priorizar os pagamentos pela data de vencimento, evitando os juros altíssimos que tornam a situação uma verdadeira bola de neve.

Confira a seguir o perfil dos consumidores considerados inadimplentes e veja os principais erros cometidos que impedem essas pessoas de se tornarem adimplentes mais instruídos:

  • As principais causas das dívidas são as compras por bens não duráveis, como roupas, sapatos e eletrônicos, ou seja, itens que não são de necessidade imediata e acabam se tornando dívidas;
  • O impulso e falta de conhecimento do controle financeiro são os principais inimigos;
  • Ao invés de quitar as dívidas, pessoas inadimplentes acabam gerando outros compromissos e se endividando;
  • Falta de priorização das contas mais urgentes e renegociação da dívida.

Como se pode observar acima, esses são alguns exemplos de como a adimplência e inadimplência se mostram opostas ao se tratar do controle financeiro. Enquanto uns assumem os seus compromissos, outros optam por firmar novas negociações e gerar dívidas.

Perguntas e respostas

Confira a seguir algumas perguntas e respostas sobre as diferenças da adimplência e inadimplência dos consumidores:

Como sair a inadimplência?

O primeiro passo é não criar novas dívidas e organizar as contas que têm valores mais altos e tentar negociá-las. Aos poucos, conforme as dívidas vão sendo quitadas, o consumidor consegue ir eliminando uma a uma e diminuir os seus gastos com juros e prestações.

Como evitar criar novas dívidas?

Adquira somente o que for necessário e de extrema importância. Evite comprar bens não duráveis e que não vão agregar em sua rotina diária. O que muitas pessoas erram é dar prioridade a vestuários, tecnologia ao invés de necessidades básicas como luz e alimentos.

Quais são as melhores formas de pagamento?

O ideal é realizar os pagamentos à vista no dinheiro, pois assim você tem noção do quanto está gastando. Com o uso do cartão não é possível contabilizar visualmente o que está indo embora, assim, se perde o controle dos gastos facilmente.

Com essas dicas de adimplência e inadimplência fica mais fácil ter o controle das suas economias e evitar a criação de dívidas que possam vir a comprometer a sua estabilidade financeira.

Gostou? Compartilhe




© 2012-2019 | Casa Dicas | Deus seja Louvado | Política de Privacidade