Dicas e informações sobre casa e construção

Fritadeira Philco, Cadence ou Britânia. Qual é melhor?

Você conhece as fritadeiras elétricas que não usam óleo para preparar os alimentos? Veja uma análise dos principais modelos e marcas deste aparelho, suas características e vantagens que elas apresentam para o uso em casa.

Você construiu recentemente? Quanto custou do m/2 da construção da sua casa? CLIQUE AQUI e informe

O sistema tradicional de frituras pode trazer uma série de problemas para a saúde ao consumirmos os produtos feitos da maneira tradicional. Os médicos não recomendam você fazer frituras com muita frequência, mas existe uma alternativa bastante interessante que são as fritadeiras sem óleo, pois o grande problema da fritura tradicional é o fato de ter de usar óleo a uma temperatura muito elevada.

As fritadeiras sem óleo têm então como proposta a possibilidade de preparar os alimentos sem precisar colocar o óleo e naqueles alimentos muito gordurosos, como o caso de linguiça, por exemplo, ele ainda retira bastante a gordura contida no alimento. Este é um ponto extremamente positivo e que vale muito a pena prestar atenção neste detalhe.

Como existem vários fabricantes que vendem este produto, resolvemos fazer uma comparação da marca Philco, Cadense, Britânia e um bônus sobre a fritadeira da Mondial.

Philco

A Philco tinha uma linha bem grande e variada de fritadeiras sem óleo. Os tamanhos são os que mais variaram, o que é bom, pois permite atender a várias necessidades, desde modelo pequenos até alguns bem grandes, por sinal.

Os preços disponíveis variaram de R$ 189,90 em um modelo de 1,8 litros até 699,90 em um modelo de 11 litros. Bem interessante esse tamanho, por sinal.

Fonte: Site da Philco (acesso em 10/07/2020)

Cadence

Na consulta que fiz a Cadense tinha dois modelos de fritadeiras, uma de 2,6 litros com preço de R$ 359,90 e outra de 3,2 litros com preço de 459,90.

Fonte: Site da Cadense (acesso em 10/07/2020)

Britânia

A Britânia, por sua vez tinha uma linha bem variada de fritadeiras com diversos modelos. A linha é bem extensa por sinal. Os preços disponíveis variaram de R$ 199,90 em um modelo de 2 litros até 399,90 nos modelos de 3,2 litros. Que aliás tinha vários produtos com cores e formato ligeiramente diferentes.

Fonte: Site da Britânia (acesso em 10/07/2020)

A questão dos litros

O tamanho da fritadeira que é definida em litros é bastante importante também pois ela irá determinar a quantidade de alimentos que poderá ser feito de uma única vez. Se você tem necessidade de fazer muita coisa de uma única vez, deve escolher o modelo de quantidade em litros maior, como o caso dos modelos de 3,2 litros.

Os modelos menores devem ser usados apenas em situações mais pontuais, se você mora sozinho ou poucas pessoas vão utilizar. Como visto acima, algumas marcas oferecem tamanhos generosos e que são úteis quando você tem uma família muito grande ou terá que atender muitas pessoas ao mesmo tempo.

Qual é o melhor?

Parece que a tecnologia usada na fabricação desses modelos é bem similar, senão a mesma. Com isso podemos dizer que as diferenças entre uma marca e outra pode ficar mais concentrada no design do produto, cores, formatos, tamanhos e outros itens relacionados com a marca, como assistência técnica e garantia, por exemplo.

Naturalmente que existem pessoas que tem preferência por produtos de determinada marca, talvez por experiências anteriores, mas a decisão por um produto ou outro, pode se levar em consideração não apenas a questão da marca mas as características do produto em si.

Sobre o modelo da Mondial

Eu também tenho uma fritadeira sem óleo em casa, porém é da marca Mondial. De fato é muito bom e foi uma das melhores aquisições que fiz. Gostaria de complementar com algumas informações úteis:

O consumo de energia pode ser alto deste produto. Um dia desses ele foi usado a tarde toda praticamente e como eu estava fazendo leitura do relógio de energia por conta do ar condicionado, notei um aumento muito significativo neste dia por conta do uso excessivo dele. Lembre-se que todo aparelho elétrico que gera calor, tende a gastar mais energia.

Ainda não descobri como evitar que os alimentos grudem no cesto. Eu sempre aqueço antes de colocar, já passei manteiga e ainda assim ele gruda, especialmente o filé de frango que é o meu favorito. Então tem que ficar virando sempre para evitar que fique grudado.

Infelizmente ele descasca muito rápido, talvez pelo calor que gera. Ainda que isso não tenha gerado nenhum problema funcional.

Gostou? Compartilhe




© 2012-2019 | Casa Dicas | Deus seja Louvado | Política de Privacidade
Este site usa cookies e ao continuar navegando, você concorda com a política de privacidade.