Dicas e informações sobre casa e construção

Arquitetura sustentável: Reaproveitamento da água da chuva, iluminação, etc

Telhado verde, Iluminação natural, reaproveitamento da água da chuva, entre outros. Veja algumas ideias para usar em uma construção mantendo o padrão de sustentabilidade.

Você construiu recentemente? Quanto custou do m/2 da construção da sua casa? CLIQUE AQUI e informe

O conceito de arquitetura sustentável é amplo e envolve diversos aspectos na construção ou reforma de uma casa ou apartamento. Por sustentável devemos entender o uso de matérias que não agridam a natureza ou que o seu processamento na indústria não tenha sido feito de forma predatória. Além disso, a maneira como um projeto e feito entra na conta da sustentabilidade, como processo para reaproveitamento da água da chuva, iluminação natural, telhado verde, entre outros. Veja abaixo algumas ideias sobre o assunto.

Telhado verde

O telhado verde é um conceito não tão difundido, mas a ideia dele é cobrir o telhado com vegetação verde e isto contribuiria para amenizar o aquecimento interno do ambiente e ainda contribui para a não formação da chamada ilha de calor, causada pelo excesso de concreto, especialmente nas grandes cidades.  O resultado é uma economia de energia com o uso do ar condicionado, por exemplo. Você pode ver um artigo completo sobre o assunto neste link.

Reaproveitamento da água

Recentemente eu estava vendo uma entrevista na TV com o príncipe Charles da Inglaterra e ele estava mostrando que ele reutiliza a água da sua residência para plantas e o jardim. Inclusive ele é um grande defensor da sustentabilidade. Agora, vejam o vídeo abaixo da arquiteta Alice Martins que mostra como foi feito o projeto de reforma da sua residência, usando o conceito de sustentabilidade. Muito interessante a ideia adotada para reaproveitamento da água da chuva, é um pouco trabalhoso e engenhoso, mas interessante.

O reaproveitamento de água da chuva é uma das estratégias mais inteligentes no que diz respeito ao uso da água. A água da chuva é gratuita, é limpa e em muitos locais é abundante. Contudo ela cai em nosso quintal e vai embora. Pelo menos parte desta água poderia ser reaproveitada.

Um dia desses eu estava fazendo um cálculo e cheguei a uma conclusão interessante. Vejam:

Na minha cidade a média anual de chuva está em torno de 1450 mm ano. Isto significa que para cada metro quadrado cai em média 1500 litros de água por ano e isto não é pouca coisa.

A minha casa tem em torno de 160 metros de construção. Vamos considerar que eu capte toda a água que cair no telhado.

Então eu teria: 1450 x 160 = 232.000 litros de água por ano. Se dividir por 12 meses daria 19.333 litros por mês. O meu consumo mensal tem média que varia de 16.000 a 18.000 litros, ou seja, sobraria água.

Fonte da climatologia: Climatempo

Iluminação natural

A iluminação natural é um dos mais importantes itens da arquitetura sustentável, afinal, uma casa com ambientes escuros exigem a luz artificial durante o dia contribuindo significativamente para a economia de energia. Este é outro conceito importante da arquitetura sustentável, pois se há abundância de luz natural lá fora, porque usar luz artificial que consome energia e contribui para o pais ter de gerar mais e mais energia?

Desta forma, a opção por vidro em portas, janelas e outras aberturas é uma boa opção para permitir a entrada de luz natural, sem contar que esta estratégia tem um grande apelo de modernidade.

Aquecedores solares

energia solar sustentabilidade

Os aquecedores solares são aqueles usados já em escala considerável no Brasil. Normalmente eles são usados para aquecimento da água de torneiras e principalmente do chuveiro que é um grande consumidor de energia elétrica. Apesar de ter um investimento considerável para a compra dos equipamentos e instalação, o investimento compensa em termos de economia de energia e é uma ação socialmente responsável.

Mas a energia solar pode ser aproveitada também para geração de energia elétrica, através dos sistemas fotovoltaicos que permite captar a energia produzida pelo aquecimentos dos painéis solares e converter em energia elétrica. Este tipo de sistema tem ganhando bastante adesão no país e faz muito sentido usá-lo, já que se trata de energia limpa e gratuita, que está a disposição de qualquer pessoa.

Reciclagem de lixo

Projetar em sua casa coletores que permitam a coleta seletiva de lixo é uma ação interessante e ambientalmente responsável, contudo neste caso é importante considerar se na sua cidade há o processo de coleta seletiva, pois de nada adianta você separar o lixo em sua residência e depois ele ser misturado como lixo comum e ser enviado aos aterros sanitários. Algumas cidades brasileiras já contam com este tipo de coleta, em outras existem as cooperativas que fazem a coleta de alguns tipos de materiais. O importante é você se informar na sua cidade para saber quais materiais devem ser separados do lixo comum.

Quais materiais podem ser reciclados?

Cuidar do meio ambiente tornou-se a bandeira de muitas pessoas e neste aspecto a reciclagem é uma ação importante. Mas quais materiais podem ser reciclados?

Diversos são os materiais descartados como lixo que podem ser reciclados e ganhar uma nova utilidade, ajudando ao meio ambiente. Veja alguns exemplos:

  • Vidro: diversos tipos de garrafas de vidro, janelas, vidros automotivos, potes de alimentos e muitos outros. Não são recicláveis tubos de TV e ampolas de medicamentos, por exemplo.
  • Papel: são recicláveis papelão, revistas, livros, cadernos, embalagens longa vida, caixas, jornais, e outros. Só não são recicláveis papel carbono, vegetal, celofane e higiênico.
  • Metais: Você pode reciclar desde as famosas latinhas de refrigerantes até tampas de garrafas, além de latas de produtos. Não é reciclável esponjas de aço e pregos.
  • Plástico: desde CDs e disquetes à embalagens vazias de produtos de limpeza, sacos, garrafas, canos, etc. Não são recicláveis os plásticos termofixos e embalagens metalizadas, como de salgadinhos.
  • Óleo de cozinha: o óleo de cozinha pode ser coletado e reaproveitado. Guarde em uma garrafa pet e repasse a empresas especializadas.

Gostou? Compartilhe




© 2012-2019 | Casa Dicas | Deus seja Louvado | Política de Privacidade
Este site usa cookies e ao continuar navegando, você concorda com a política de privacidade.