CasaDicas !Respostas
Faça sua Pergunta Aqui

Fiador para locação de imóveis e seguro fiança, entenda como funciona

O que é um fiador? Veja os principais tipos de fiadores e fiança como a pessoa física, imóveis, caução ou depósito em dinheiro e alguns exemplos de seguro fiança. Dicas úteis para quem está procurando casa para alugar ou para quem pretende fazer no futuro.

Vai alugar um imóvel? Ok, certamente você precisará de um fiador pois ele é figura quase obrigatória em locação de imóveis comerciais, residenciais ou rurais. Seja em imobiliárias ou mesmo em contratos firmados diretamente com proprietários ele sempre é solicitado. Veja abaixo o que é o fiador e os tipos de fiança que podem ser usadas.

O que é um fiador?

O fiador é uma pessoa ou bem que pode ser dado como garantia de uma eventual falta de pagamento do aluguel ou outras obrigações  do locatário em relação ao contrato do aluguel. Inicialmente o fiador é uma pessoa detentora de um imóvel que pode ser dado como garantia na celebração do contrato, mas outras modalidades de fiança foram incorporadas e hoje dependendo da situação e da aceitação do locador, vários tipos podem ser adotados. Veja abaixo os tipos mais comuns:

Fiador – pessoa física

casa penhorada diança de aluguel

Como dito acima este é o tipo mais tradicional e usado, trata-se de uma pessoa que invariavelmente precisa ter seu nome limpo e um imóvel registrado para que possa dar como garantia. Na eventualidade da falta de pagamento, este fiador será acionado para quitar o débito do locador. Em último caso quando locador e fiador não fizer a quitação, o imóvel dado como garantia poderá ser penhorado pela justiça e levado a leilão.

É uma prática muito segura para as imobiliárias e proprietários de imóveis, contudo, ela é ruim para quem está pleiteando uma locação, pois isto envolve ter de colocar parentes e outras pessoas conhecidas com os seus bens como garantia e isto é uma coisa que ninguém gosta de fazer.

Caução

A caução é um instrumento usado em alguns casos em substituição ao fiador acima descrito ou em complementação dele. Não são todas as imobiliárias que trabalham com a caução, mas quando aceita ela representa um valor em dinheiro que deve ficar retido pela imobiliária até o término do contrato e suas obrigações devidamente quitadas. Quando isso acontecer o dinheiro é devolvido para o locador com a correção do período.

É uma modalidade interessante para quem tem um pouco de dinheiro sobrando, já que neste caso não haveria nenhuma burocracia e também não seria necessário pedir favores a outra pessoa para ser fiador. Mas para as imobiliárias não é tão bom, já que se houver danos no imóvel e vários meses de aluguel atrasado, pode ser que a caução não cubra todas as despesas.

Seguro fiança

O seguro fiança, assim como a caução, não tem aceitação em todas as consultorias imobiliárias, mas quando aceito ele é uma apólice de seguros que deve ser adquirido junto a empresas seguradoras que oferecem este tipo de apólice. A desvantagem para o locador é que o valor do seguro deve ser pago todos os anos, constituindo assim um custo adicional e contínuo durante a vigência do contrato.

O valor do seguro fiança apresentado pelas imobiliárias é normalmente de três vezes o valor do aluguel, mas parece que este valor é abusivo e deveria ser de apenas um valor do aluguem. Se você for usar esta modalidade de fiança, consulte o PROCON em sua cidade antes de assinar o contrato.

É uma boa modalidade e bem fácil de trabalhar, tanto para as imobiliárias como para os locatários. Não sei porque razão ela não é usada amplamente no Brasil.

Salvo engano, a Porto Seguro opera com esse tipo de garantia para locação de imóveis, bem como o Bradesco, veja a simulação abaixo.

Fiança de aluguel do Bradesco

Outra modalidade é um serviço do Bradesco de fiança de aluguel. Na verdade ele atua como um seguro fiança e como o Bradesco disponibiliza um simulador, fiz uma simulação de valor para um aluguem de R$ 1.000,00 em um período de 12 meses. Veja o resultado abaixo:

Seguro fiança Bradesco para alguel

CredPago

Este serviço de seguro fiança tem sido usado por muitas imobiliárias e é uma das melhores opções que já vi. Caso a imobiliária aceite este seguro fiança, tudo o que você precisa ter para alugar é um cartão de crédito.

Funciona assim: Calcule o valor do aluguel + encargos. Sobre esse valor você pagará em torno de 10% a título de seguro fiança.

Existem outros detalhes que você poderá conferir no site abaixo, mas é um valor muito baixo e pelo que tenho visto, este serviço está sendo bem aceito.

https://www.credpago.com.br

Sem fiador

Por fim existe locação de imóveis sem o uso do fiador. Isto pode acontecer em alguns casos de locação direta com o proprietário, onde o mesmo pode abrir mão da figura do fiador, seja em pessoa, caução ou seguro fiança.

A locação sem fiador é ótima para quem está buscando um imóvel para alugar, mas é ruim para o proprietário que ficará sem garantias caso ocorra inadimplência ou mesmo dados no imóvel. Por esse motivo ela é mais comum em imóveis mais simples e em alguns lugares.

Algumas perguntas

O seguro fiança funciona mesmo?

Funciona. Desde que a imobiliária e o proprietário aceitem esta modalidade de fiança. Para quem aluga ela é bem prática, embora não seja tão barata pelo fato de ser sua cobertura limitada a um ano apenas. Mas de qualquer forma é uma modalidade interessante para muita gente.

Seguro fiança ou caução, o que é melhor?

A caução é melhor, sem dúvida. Primeiro porque você não precisa renovar o valor dela a cada ano, depois que o dinheiro é seu e no final terá ele de volta caso não seja necessário usá-lo. No seguro fiança, você paga e perde o valor pago, havendo problemas na locação ou não. Eu creio que o seguro fiança seja mais interessante para o locador ou a imobiliária, mas para o locatário que é a pessoa que aluga a caução é melhor.

Como conseguir alugar uma casa ou apartamento sem fiador?

É bem difícil e não há muitas regras para isso não, uma vez que este tipo de coisa depende muito do proprietário. Geralmente em imobiliárias você não irá conseguir, mas se negociar diretamente com o proprietário do imóvel, pode ser que consiga.

Uma dica neste caso é procurar por imóveis para alugar que são anunciados em jornais ou com placa de aluga-se na frente do imóvel. Neste caso daria para você filtrar se são de imobiliárias ou particular.

Mas mesmo sendo particular, nada indica que o proprietário não venha exigir um fiador, mas existe a possibilidade de fazer uma negociação com ele e assim alugar sem fiador.

Tem alguma dúvida? Acesse o CasaDicas !Respostas
Faça sua Pergunta Aqui

Gostou? Compartilhe




© 2012-2019 | Casa Dicas | Deus seja Louvado | Política de Privacidade