Dicas e informações sobre casa e construção

Financiar a construção ou um imóvel pronto?

Veja uma comparação mostrando as características dos financiamentos habitacionais de casa pronta e construção. Analise qual é a melhor opção na hora de financiar um imóvel residencial.

Comprar a casa própria ou fazer a construção dela é um sonho de muita gente, na verdade, mas do que sonho é uma necessidade. A compra ou a construção demanda significativo investimento e nem todos dispõe do capital necessário para tal, então é quase inevitável recorrer ao financiamento habitacional. Mas entre financiar a casa ou financiar a construção dela, qual é a melhor opção?

Eu já fiz um financiamento da casa pronta e recentemente estive analisando a possibilidade de financiar a construção de outro imóvel. Baseado nessas duas experiências gostaria de fazer uma análise das características de cada um.

Financiamento da casa pronta

casa chaves imóvel

Esta modalidade é bem mais tranquila, pois o imóvel está pronto e fica mais fácil para a Caixa avaliá-lo e consequentemente liberar o dinheiro. Conta também a favor o fato de você ter o imóvel disponível para morar tão logo seja assinado o contrato e por fim é um processo menos trabalhoso e mais rápido pois envolve basicamente análise de documentação e o próprio imóvel. Se toda a documentação estiver em dia, o processo tende a ser rápido e com poucas possibilidades de problemas.

Financiamento da construção

Financiar a construção é uma boa alternativa, mas exige alguns cuidados e é preciso ter ciência de como funciona o processo de liberação do dinheiro.

Basicamente ele funciona assim na Caixa:

  • Primeiro você precisa ter o terreno em seu nome e com toda a documentação regularizada.
  • Depois é necessário fazer o projeto da construção. Neste caso você precisará de um arquiteto ou engenheiro para elaborar o projeto, especialmente o projeto físico-financeiro. Neste projeto deverão ser definidas as etapas da construção, como alicerce, alvenaria, cobertura, reboco, piso, acabamento, etc.
  • O projeto deverá ser submetido à prefeitura e aprovado.
  • Deve-se considerar que até este ponto você deverá arcar com todos os custos.
  • Depois de aprovado na prefeitura é hora de ir entrar com o pedido de financiamento na Caixa. Além de toda a documentação do projeto, é necessária a documentação pessoal e do terreno. Após dar a entrada na documentação é necessário aguardar um período de análise da Caixa.
  • Após a aprovação da Caixa, será dado o sinal verde para começar a construção. Ai tem um detalhe importante. Lembra-se das etapas que foram definidas no projeto físico-financeiro? Pois , você deverá executar a primeira etapa com o seu dinheiro, após a conclusão dela a Caixa deverá ser avisada e o engenheiro deles irá até a obra verificar se ela foi concluída corretamente. Se estiver tudo certo, então será liberado o dinheiro referente à primeira etapa.
  • Em seguida você executa a segunda etapa com o seu dinheiro e ao final avisa a Caixa que fará nova verificação e então liberará o valor referente a segunda etapa. E assim por diante.

Conclusão

Fica evidente que é muito mais simples, rápido e menos burocrático financiar um imóvel pronto do que fazer o financiamento da construção. Esta última requer inicialmente que você tenha alguma reserva de dinheiro para custear o projeto e pelo menos a primeira etapa da construção, sem contar a administração da obra.

Eu particularmente desisti de fazer o financiamento da construção, pois tinha pressa e concluí que não seria possível fazer tudo dentro do prazo que eu precisava, mas como cada caso é um caso, se você não tiver pressa ainda sim é uma alternativa viável.

Gostou? Compartilhe




© 2012-2019 | Casa Dicas | Deus seja Louvado | Política de Privacidade