Financiamento de imóveis novos ou usados, qual a diferença?

Vale a pena financiar um imóvel novo ou usado? Quais as diferenças entre eles e quais itens pode ser considerado vantagem em relação a eles. Veja a analise e confira as respostas.

A compra de um imóvel é uma tarefa delicada pois envolve a procura pelo imóvel, a negociação e quando não temos o dinheiro para pagar o imóvel a vista ainda temos outro delicado processo que é a obtenção do financiamento habitacional, geralmente na Caixa. Muitos podem se perguntar se existe alguma diferença em termos de financiamento entre imóveis novos e usados e a resposta é sim. Veja abaixo algumas considerações importantes sobre o assunto.

Taxa de juros

A taxa de juros pode ser diferenciada para financiamento de imóveis novos ou usados. Apesar de atualmente o simulador da Caixa mostrar a mesma taxa é bem possível que em alguns casos a taxa possa variar, sendo que os imóveis novos teriam uma melhor taxa. Antigamente era assim e a diferença de taxa para novos em relação aos usados era até significativa. Fique atento a isso.

Aprovação do financiamento

A segunda questão importante é em relação a aprovação do imóvel pela engenharia da Caixa. Eu não sei se você sabe disso, mas quando é feito um pedido de financiamento, basicamente três coisas são avaliadas: o comprador, o vendedor e o imóvel. Os dois primeiros são avaliados documentalmente, isto, restrições de crédito, problemas tributários e no caso do comprador avaliação de renda para averiguar a capacidade de pagamento do financiamento.

O terceiro item avaliado é o próprio imóvel que além de ter a documentação em ordem também precisa estar em condições físicas de ser financiado e ai é que entra a diferença entre um imóvel novo e usado. Geralmente casas novas são mais fáceis de serem aprovadas, pois se foi bem construída e tem um projeto aprovado na prefeitura, significa que é uma casa que tem uma vida útil longa e compatível com o tempo do financiamento. Já um imóvel usado precisa ser mais bem avaliado para tentar determinar qual seria a vida útil e se de fato ele está compatível com a expectativa do financiamento. Embora não seja regra, é natural pensarmos que uma casa nova tem maiores chances de ser aprovada pela equipe de engenharia da Caixa.

Opções disponíveis

Por fim é necessário considerar que dado ao crescimento imobiliário que ocorre no Brasil atualmente, a quantidade de imóveis novos acaba sendo um diferencial e talvez seja mais fácil encontrar casas e apartamentos recém-construídos ou em construção do que os mais antigos. Diversos empreendimentos estão sendo erguidos com padrões indo de populares a sofisticados para agradar e atender a todos os gostos e bolsos.

Eu acredito que faz muito mais sentido financiar um imóvel novo do que uma casa usada. É claro que há exceções e também pontos de vista diferentes que obviamente precisam ser respeitados, mas pensar que um financiamento pode chegar a 420 meses é um tempo que querendo ou não vai deteriorar o imóvel, portanto quanto melhor e mais novo for a casa ou o apartamento melhor ele poderá estar no término do contrato.




Deixe uma resposta

Você precisa fazer o login para publicar um comentário.





Casa Dicas // 2012-2013 // Deus seja Louvado | Política de Privacidade