Financiar a construção pela Caixa? Como funciona o financiamento

Entenda passo a passo como funciona o financiamento de construção de casas da Caixa. Entenda as etapas da construção e todo o processo desde a planta até a obra acabada.

Construir uma casa demanda muitos recursos financeiros e quando uma pessoa não dispõe desse valor o caminho é recorrer a um financiamento, que pode ser para a compra da casa pronta, mas há casos em que uma pessoa que já tenha um terreno e deseja mesmo é financiar a construção. Como isso funciona e será que vale a pena?

Um caso real

Eu tinha um terreno, precisava de uma casa e não tinha dinheiro para bancar a construção, então juntando esses três elementos, entendi que o financiamento da construção era a melhor alternativa, mas depois de analisar bem o processo achei que não daria certo. Entenda quais são as etapas:

financiamento da construção caixa

 

Primeiro: Você precisa ter o terreno e ele precisa estar com toda a documentação regularizada. Isto inclui estar com a escritura no seu nome, não ter pendências com IPTU ou outros problemas documentais.

Segundo: Você precisa ser elegível ao financiamento, isto é, além da documentação em dia do imóvel, no caso o terreno, você também precisa ter a documentação correta. Isto inclui: não ter nenhuma restrição de crédito, não ter problemas com restrições bancárias, ter renda comprovada suficiente para bancar as prestações do financiamento e a documentação pessoal, como é de praxe.

OBS: O valor da prestação não pode exceder 30% da renda familiar comprovada

Terceiro: Você precisa fazer o projeto da construção com um arquiteto ou engenheiro e neste projeto deverá constar o planejamento da construção que deverá ser feito em etapas. Por exemplo: terraplenagem, alicerce, alvenaria, cobertura, parte elétrica, parte hidráulica, etc. Essas etapas devem ser definidas pelo engenheiro e deverá constar no projeto.

Quarto: Seu engenheiro deverá submeter o projeto para aprovação na prefeitura e tão logo esteja aprovado você poderá dar entrada na Caixa. Este processo nada tem haver com a Caixa, mas sim com a aprovação do projeto na prefeitura, algo que é necessário com ou sem financiamento da obra.

Quinto: Com o projeto devidamente aprovado, você deverá ir a Caixa ou ao correspondente autorizado e dar entrada na documentação do projeto, do terreno e a sua documentação que inclui comprovante de renda, endereço e documentos pessoais. Do terreno é necessária a matrícula atualizada e algumas certidões da prefeitura e outros.

Sexto: Toda essa documentação será analisada pela caixa e estando ok você será convidado para assinar o contrato, o que significa também que você recebeu o sinal verde para iniciar a construção.

Sétimo: Lembra-se das etapas que seu engenheiro definiu no projeto? Você deverá executar a primeira etapa com o seu dinheiro, já que a Caixa não faz a liberação do valor do financiamento por antecipação. Após concluir a primeira etapa, você deverá notificar a Caixa e esta enviará um engenheiro para fazer a vistoria e atestar que a primeira etapa foi concluída. Então ela faz a liberação do valor referente a primeira etapa e dá sinal verde para você fazer a segunda. E este ciclo se repetirá até o final da obra. Então na prática você faz a construção com os seu recurso e ao final de cada etapa a Caixa paga o valor referente à ela.

Algumas observações:

Por que eu considerei que não era uma boa opção?

Acho que o que mai pesou foi exatamente o tempo para que tudo acontecesse. Embora mais tarde eu tivesse acompanhado, ainda que de longe, o processo de construção de uma casa de um vizinho usando o financiamento da Caixa e percebido que a coisa não era tão complicada assim, na época eu não tinha nenhum referência e ao analisar todos os processos descritos acima, conclui que levaria tempo demais.

Outro fator, que talvez até inconscientemente, possa ter contribuído para a minha desistência foi o fato de a Caixa assumir todo o pagamento da obra. Sabe como é gente pobre, a gente quer economizar de todos os lados, mudar uma coisa aqui e outra ali para ver se sobra um dinheirinho. Mas no caso do financiamento se a Caixa determinasse que o valor necessário para a construção fosse X, eu teria que usar X.

Quando vale a pena financiar a construção?

Acho que alguns elementos precisam existir para que o financiamento da construção faça sentido, entre eles eu considero que quando a pessoa tem toda documentação em dia, tanto do terreno, como dela própria, não tem tanta pressa e tem uma boa renda para pagar o financiamento, creio que ai pode ser uma boa. Lembrando que sempre e em todos os casos, financiamento é sempre a última alternativa e nunca a primeira.

Você construiu ou reformou uma casa recentemente? Conte sua experiência. Enviaremos um breve questionário para você. Clique Aqui e saiba mais.

 


2 respostas para “Financiar a construção pela Caixa? Como funciona o financiamento”

  1. jose sobrinho santa rosa disse:

    BOA TARDE

    Tenho um deposito de material para construção gostaria de saber se existe um projeto que financia todo o material de construção para meus clientes? e que tenho que fazer para implantar esse projeto em minha loja? atenciosamente
    JOSE

  2. Roger Rodrigues disse:

    Se eu tenho um terreno já financiado pela Caixa, posso pleitear um financiamento para construção também pela Caixa?
    Obrigado.

Deixe uma resposta

Você precisa fazer o login para publicar um comentário.





Casa Dicas // 2012-2016 // Deus seja Louvado | Política de Privacidade