Dicas e informações sobre casa e construção

Tipos de água: Potável, doce e salgada, mineral e outras

Veja as diversas formas de classificação da água, como doce e salgada, mineral, poluída e outros tipos em que podemos definir a água disponível no planeta. Saiba mais sobre este importante recurso natural que constitui um dos bens mais preciosos que temos.

A água conhecida como uma substância líquida, incolor, inodora e insípida, composta por duas moléculas de hidrogênio e uma de oxigênio. É uma substancia que se encontra em abundância na Terra e que cobre aproximadamente três quartos da superfície do planeta. Muitas pessoas não tem o conhecimento de que não existe apenas um tipo de água na natureza. Na natureza podemos encontrar vários tipos sendo elas próprias ou não para consumo. Vejamos a baixo os principais tipos:

Potável

Água potável limpa

É a água que podemos consumir e que não possui substancias tóxicas e também não oferecem riscos de adquirir doenças por contaminação. São exemplos de potável a água tratada e disponível à população na maioria das cidades, as das fontes naturais e em boa parte dos riachos e mananciais.

Para ser considerada potável é preciso que ela esteja livre de impurezas, o que pode acontecer na própria captação dela em uma fonte limpa ou através do tratamento da água que é o mais comum e que ocorre em nossas cidades. Em muitos locais a água captada é muito suja e poluída e então é através do tratamento que são removidos as impurezas para torná-la disponível à população.

Doce

É a água que encontramos em rios, lagos e ribeiras. Tem coloração marrom, devido ao fato de se encontrar uma grande quantidade de terra dissolvida. Para poder ser consumida ela necessita passar por processo de tratamento. O Brasil é um país rico em água doce por conta da grande quantidade de rios como o Rio São Francisco, Rio Grande, a bacia do Rio Amazonas, entre outros.

As nossas fontes de água que formam os córregos, riachos e ribeirões também são exemplos de água doce.

Apesar de existir muita água doce no planeta, ela está mal distribuída e com isso algumas regiões tem água em água em abundância e outras tem muito pouco. No próprio Brasil é possível perceber isso, com a região amazônica tendo água em abundância e outras regiões como o semiárido nordestino com tão pouca água.

Mesmo a região sudeste do Brasil já começa a dar sinais de necessidade de mais água, pois o grande aumento da população e das necessidades hídricas para irrigação, levou a um consumo muito grande de água.

Salgada

A água do mar. Possui uma grande quantidade de sais, como principal o cloreto de sódio, popularmente conhecido como sal de cozinha. Esta água não pode ser consumida.

Em alguns países ocorre um processo chamado de dessalinização da água do mar onde o sal é retirado da água tornando-a apta ao consumo. Este processo ocorre especialmente em países onde há falta de água doce.

No Brasil há casos isolados deste processo de dessalinização, como um projeto da Embrapa no Nordeste, mas é em pequena escala e para atender uma demanda pequena.

No Brasil há muita água doce, mas ela está mal distribuída, com isso há falta de água doce em algumas regiões como o sertão nordestino e ocasionalmente em alguns locais do sudeste.

Mineral

Esta possui uma grande quantidade de minerais. Algumas possuem propriedades terapêuticas. E também existem as águas minerais que são próprias para o consumo, como podemos ver algumas empresas envasam e as vendem.

A cidade de Água de Lindóia no interior de São Paulo é reconhecida como uma das mais importantes na produção de água mineral. Situada no chamado circuito das águas, onde há diversas cidades com fontes de águas minerais.

Lindóia, Serra Negra, Campos do Jordão e outras cidades são importantes produtoras deste tipo de água que são engarrafadas e vendidas com diversos rótulos e marcas.

Poluída

água suja contaminada poluida

É o tipo em que se encontram alterações físicas, dentre elas: Turbidez, cor, cheiro, ou até mesmo sabor, essa tipo é impróprio para consumo. A água poluída é encontrada geralmente em rios no entorno de grandes cidades ou de indústrias poluentes. O Rio Tietê na cidade de São Paulo chegou a níveis críticos de poluição no passado e atualmente passa por um processo de despoluição.

A poluição das águas é um tema muito preocupante pois ela compromete o uso de um recurso público e essencial para a vida. Especialmente nas grandes cidades onde há uma concentração muito grande de pessoas, ter água potável tem se tornado um desafio cada vez maior.

Salobra

A água que se caracteriza por uma aparência turva, ela possui grande quantidades de substâncias dissolvidas. É encontrada facilmente em regiões de mangue, e não pode ser consumida pelo ser humano.

Destilada

A água onde se encontra altas concentrações de Hidrogênio e Oxigênio. É produzida de dois modos: Pela natureza, através da chuva ou de forma artificial em indústrias por um processo conhecido como destilação. Ela não pode ser consumida, pois não possui os sais necessários para o nosso organismo, e é bastante usada como reagente industrial e também em baterias de automóveis.

Saborizada

Trata-se de uma bebida em que o principal componente á a água potável e que são misturados algumas frutas ou folhas para produzir um sabor natural. É uma bebida apreciada por pessoas que tem hábitos de alimentação natural e ela pode ser usada para substituir outros tipos de bebidas industrializadas, como é o caso dos refrigerantes.

Água da chuva

A chuva faz parte daquilo que hoje conhecemos como o ciclo da água, onde a evaporação dos oceanos, mares, lagos, rios e florestas, formam na atmosfera as nuvens e em condições adequadas a água condensa e cai em forma de gotas, alimentando as nascentes, rios e finalmente voltando ao oceano.

Desta forma, a água da chuva é a forma com que as águas que temos sejam repostas na medida em que usamos. Locais com pouca chuva, tem também pouca água disponível para o uso.

Gostou? Compartilhe




© 2012-2019 | Casa Dicas | Deus seja Louvado | Política de Privacidade