Dicas e informações sobre casa e construção

Portas e janelas de madeira. Vantagens e desvantagens

Vantagens como beleza, durabilidade e resistência e desvantagens como limpeza, manutenção e controle de umidade. Veja a análise dos usa da madeira em portas e janelas de uma casa ou ap.

As portas e janelas de uma casa são elementos importantes no projeto de construção ou reforma de casas e apartamentos. Existem diversos tipos de materiais que podem ser usados como ferro, alumínio, PVC, vidro, madeira e outros. A preferência pela madeira é grande graças a boa estética, durabilidade e outros. Mas este material exige cuidados e abaixo listarei algumas das principais vantagens e desvantagens de portas e janelas de madeira.

Vantagens

Beleza

A madeira é bela, sofisticada e proporciona uma excelente harmonia com a estrutura da casa, seja ela alvenaria, gesso e outros materiais. Por ser um material fácil de trabalhar existem muitos tipos de portas e especialmente de janelas com muitos detalhes trabalhados e entalhados na madeira. De fato fica muito bonito uma casa com janelas e portas de madeira.

Durabilidade

É um material durável, contudo e como será visto abaixo a duração dele depende muito do cuidado que ele receberá. A durabilidade deste material pode ser comprovada quando fazemos a demolição de casas antigas, onde tudo está deteriorado, mas a madeira que não ficou exposta a chuva permanece firme.

Resistência

É também um material muito resistente, haja vista que ele é usado para construir a estrutura do telhado das casas. Evidentemente que no caso de janelas, especialmente é preciso analisar como a madeira foi usada e o modelo da janela, mas em geral é bastante resistente.

Desvantagens

Limpeza

Como desvantagem podemos citar a questão da limpeza, pois é um material que não pode ser molhado e no caso de janelas especialmente, graças aos muitos detalhes, muitas tornam-se  de difícil limpeza. Lembro que em uma antiga casa minha, coloquei uma janela de madeira toda quadriculada com muitos vidros pequenos. Era difícil para fazer a limpeza, pois tinha de limpar pedaço por pedaço. Pense nisso na hora de escolher o modelo.

Umidade

A umidade é o grande problema da madeira e por este motivo não é recomendável usar em áreas expostas a chuva ou que possa ter incidência de água. Geralmente nas janelas expostas é colocado um toldo em cima para evitar o contato com a chuva. A durabilidade da madeira dependerá muito deste cuidado com a umidade.

Cupins

A madeira pode ser atacada também por cupins e quando isso acontece se os devidos cuidados não forem tomados as consequências  a longo prazo serão ruins o que pode levar a deterioração da peça. Uma recomendação neste caso é evitar madeiras muito moles ou porosas que são as mais fáceis de serem atacadas.

Quais os tipos de madeiras existentes?

Existem madeiras para usar em partes internas e partes externas casa, as madeiras que podem ser utilizadas em áreas externas tem mais resistência a umidade, fungos e apodrecimento.

Exemplo de madeiras para áreas externas:

  • Ipê: Pode ser encontrado sob outras denominações como, ipê-amarelo, ipê-pardo, ipê-do-cerrado, ipê-preto, ipê-roxo, ipê-una,  ipê-tabaco, ipeúva, entre outros. O Ipê produz uma madeira pesada, densa, com coloração pardo acastanhadas.
  • Peroba: Madeira pensada e densa, possui uma coloração amarelo com tom rosado.
  • Itaúba: Pesada, dura e difícil de cerrar e possui excelente durabilidade.
  • Teca: Utilizada até mesmo para construções navais, devido a sua grande durabilidade e resistência.
  • Garapeira: Pesa, densa e dura ao corte, pode variar entre tons bege amarelados e castanho amarelado.

Exemplo de madeira para áreas internas:

  • Peroba rosa: Dura e compacta, muito durável desde que não esteja em contato com o solo ou umidade.
  • Eucalipto: Este mais comum em madeiras de reflorestamento é muito econômico e prático para utilização dentro de casa. É mais utilizado em reflorestamento por não exigir muito espaço e estar pronto para corte antes

O que é madeira de lei?

As madeiras de lei são madeiras com grande resistência a umidade e fungos e são utilizadas até para a construção de navios. Receberam este nome por que Dom João na época do Brasil monarquista, editou uma lei que proibia que madeiras de maior resistência fossem utilizadas se não pela coroa.

São exemplos de madeira de lei, segundo a Wikipédia: Acaiacá/ Cedro-rosa, Andiroba,  Angelim-Vermelho/ Favero-ferro, Angico, Araribá, Imbuia, Ipê, Ipê-felpudo, Jacarandá, Jacarandá-da-bahia, Jacareúba/ Guanandi, Jatobá,  Mogno, Pau-Brasil, Pau-ferro, Pau-pereira e Peroba-rosa.

O que são madeiras naturais e madeiras industriais? Qual a diferença?

As madeiras naturais são mais caras e duráveis se comparadas a maior parte das madeiras industriais. Os tipos de madeira que foram vistos até aqui são consideradas madeiras naturais, as madeiras industriais, podem ser formadas através do pó da madeira misturado a cola, ou a lâminas da madeira sobrepostas e coladas até obter a espessura desejada, são pouco duráveis e muito suscetíveis a mofar, estragar e apodrecer. Como exemplo temos: compensado, aglomerado, MDF, MDP, HDF.

REFERÊNCIAS

Matéria: "Madeira tipos adequados para construção". Blog Construindo Decor. Acesso em 14/8/19. Link.

Matéria: "Tipos de madeira: como acertar na escolha para sua casa". Escrito por Andressa Oliveira . Blog Tua Casa. Seção decoração". Acesso em 14/8/19. Acesso em 14/8/19. Link

Matérias: "Especificações da madeira". Blog só portas e janelas. Acesso em 14/8/19. Link.

Onde encontrar mais sobre o assunto?

Matéria: "Madeira de lei". Wikipédia. Acesso em 14/8/19. Link.

Gostou? Compartilhe




© 2012-2019 | Casa Dicas | Deus seja Louvado | Política de Privacidade