Dicas e informações sobre casa e construção

Exemplos de plafons, pendentes e arandelas. Interno e externo

Veja os diversos exemplos de luminárias do tipo plafons, pendentes e arandelas para áreas internas e externas. Modelos para jardins, sala, cozinha, banheiro, quarto e outros.

A iluminação de uma casa é um item importante e que causa grande diferença no ambiente, tanto na decoração, quanto na iluminação em si. A iluminação pode ser direta ou indireta. Plafons, arandelas e pendentes podem ser usados isoladamente ou em conjunto para se obter o melhor resultado possível. Veja nos exemplos abaixo os diversos modelos dessas pelas de iluminação e suas aplicações.

Plafons

Plafons são peças de iluminação que são usadas no teto para não deixar as lâmpadas expostas e portanto eles servem como uma espécie de capa para as lâmpadas. Os modelos encontrados podem ser redondos e quadrados, podem ser no estilo pendente, de embutir ou simplesmente os modelos que se fixam no teto.

São utilizados na iluminação de ambientes e a depender da forma, tamanho e quantidade podem iluminar um closet ou uma sala. Permitem uma iluminação mais distribuída e dão um tom de bom gosto se comparados a lâmpadas comuns de iluminação.

São encontrados normalmente em formatos quadrados, redondos ou retangulares. A escolha do formato e cor deve levar em consideração a decoração, o efeito desejado e a iluminação necessária.

Eles podem ser embutidos no próprio gesso do teto e explorar melhor o espaço, ou então serem sobrepostos ao teto e trazerem ideia de profundidade.

Veja os exemplos de plafons

Arandelas

As arandelas são luminárias que podem ser usadas tanto na parte interna como externa, isto é, há modelos para ambos os casos. Os modelos externos podem ir do rústico ao moderno e internamente elas podem ser usadas na cozinha, banheiro, sala e outros ambientes.

Lembrando que arandelas são usadas na parede e muitas delas proporcionam um belo efeito de luz na parede.

Veja os exemplos de arandelas

Por ser fixada na parede a arandela além de decorativa produz um efeito de luz centralizada a um objeto ou a um ponto do cômodo mas ao mesmo tempo produz um efeito difuso já que por estar perto da parede também reflete nela luz para o ambiente.  Normalmente emitem luz indireta em um cômodo, como por exemplo: as arandelas podem ser utilizadas em quartos ao lado da cama ou em uma mesa de maquiagem, já que facilitam a precisão por ser direcionada apresar de difusa.  É como se fossem um "abajur colocado na parede".

Pendentes

Os pendentes são peças de iluminação que servem tanto para iluminar, como para decorar. Geralmente usados em área interna como sala, cozinha e área gourmet. Outra característica é que o teto idealmente precisa ser um pouco mais alto para se obter um bom efeito, exceto quando você quer usar os pendentes sobre um balcão.

Veja aqui vários exemplos de pendentes.

São fixados no teto, possuem um fio longo que desce para trazer uma iluminação mais próxima. Não é para ser utilizado como única fonte de iluminação, visto que traz uma luz mais centralizada.

Perguntas e respostas.

Existe diferença entre pendente e lustre?

Sim. Lustres possuem ramificações e são utilizados principalmente para decoração, já o pendente também utilizado na ornamentação não possui ramificação e normalmente tem uma lâmpada dentro para a iluminação.

Qual influência da cor da luz nos ambientes?

A luz natural permite que as cores sejam reproduzidas com mais integridade, e podem ser utilizadas para economizar luz trazer maior sustentabilidade ambiental para a casa. Já as lâmpadas escandecentes trazem uma luz mais amarelada e pode ser utilizada em ambientes de descanso. Para ambientes de atividade a luz branca ou natural é a mais indicada.

Iluminação direta ou indireta? Qual a diferença e qual é a melhor?

  • A iluminação direta é aquela que vai da lâmpada, plafon, pendente ou arandela direito para o ambiente que precisa ser iluminado.  A iluminação direta é interessante em ambientes que vão ser utilizados para atividades como cozinhas, escritórios e cozinhas.
  • A iluminação indireta é indicada para ambientes de descanso ou que não estão destinados a atividades, como salas de televisão ou quartos, a técnica consiste em direcionar a luz para  teto (branco) para que esta se distribua ao cômodo de forma mais branda, isto traz um ar de aconchego aos ambiente.

 

REFERÊNCIAS

Casa & Ambiente: Quartos & Closets 64. Por On Line Editora. Acesso em 5/8/19. Link.

Organizando espaços: guia de decoração e reforma de residências. Por Miriam Gurgel. Acesso em 5/8/19. Link.

Sua Casa Bonita. Por Ceres. Acesso em 5/8/19. Link.

Onde saber mais?

Guia de Cores e Iluminação 02. Por On Line Editora. Acesso em 5/8/19. Link.

Iluminação econômica: cálculo e avaliação. Por Gilberto Jose Correa da Costa. Acesso em 5/8/19. Link.

Projeto de Iluminação - 2ed. Por Peter Tregenza, David Loe. Acesso em 5/8/19. Link.

Manual do Arquiteto - 5ED: Planejamento, Dimensionamento e Projeto. Por Pamela Buxton. Acesso em 5/8/19. Link.

Gostou? Compartilhe




© 2012-2019 | Casa Dicas | Deus seja Louvado | Política de Privacidade