CasaDicas !Respostas
Faça sua Pergunta Aqui

Fazer mudança de casa dá muito trabalho?

Como é o processo antes , durante e depois de uma mudança de uma casa para outra? Dá muito trabalho fazer essas mudanças? É tranquilo se você contratar uma empresa especializada para fazer?

Após fazer a última mudança de casa que ocorreu recentemente, eu comentei com a minha esposa de que essa seria a penúltima mudança que eu faria. A última seria para o céu. A razão disso é o excesso de trabalho que dá pra fazer esse tipo de mudança e o desgaste realmente é muito grande, especialmente no nosso caso que fizemos várias mudanças desde que casamos no ano 2000.

Antes da mudança

Realmente fazer mudança dá muito trabalho inclusive depois de você transportar os móveis para a nova casa. Mas os problemas começam antes para embalar tudo, desmontar móveis, aproveitar para fazer aquela faxina e jogar fora um monte de coisas que estavam ali desnecessariamente, entre outros.

No dia da mudança

Se você tiver condições de contratar uma empresa para fazer a mudança ou mesmo contratar algumas pessoas para ajudar a carregar os móveis, menos mal. O problema é maior quando você tem que encarar também o serviço pesado de carregar todos os móveis para carregar o caminhão e depois para descarregar. Se a mudança for apartamento então a coisa fica bastante complicada e nesse caso o trabalho é dobrado ou triplicado.

Após a mudança

Depois que você faz mudança a sensação de que o trabalho terminou, mas é aí que você se engana, afinal de contas colocar tudo nos devidos lugares é uma tarefa bastante complicada e levará dias ou até semanas para que tudo esteja nos seus devidos lugares. Outro fator que ocorre com certa frequência é que na nova casa geralmente os móveis não encaixa na mesma forma que estavam na anterior e em muitas situações às vezes é necessário até comprar móveis novos para poder colocar tudo no seu devido lugar.

Veja algumas dicas de como organizar uma mudança:

Mudei de ideia

Mas como eu disse no início do artigo que essa seria a penúltima mudança de casa, estou repensando melhor a ideia e talvez esta poderia ser antepenúltima já que devido ao enorme calor que anda fazendo no interior de São Paulo estou começando a considerar a ideia de no futuro ir morar em uma cidade mais fria, como Campos do Jordão, por exemplo. Mas isto se for da vontade de Deus.

Eu não gosto de fazer mudanças de casa e você gosta?

Eu não gosto de fazer mudanças de casa e consequentemente de endereço por inúmeras razões, afinal cada mudança que é feita tem um preço à ser pago, tanto no aspecto financeiro como em outros. Essa minha opinião deve-se a minha experiência pessoal com mudanças, pois já realizei algumas na vida e confesso que não é uma boa ideia para uma pessoa ficar trocando de endereço constantemente, exceto quando há uma necessidade real que possa justificar tal mudança.

Basicamente na minha opinião as razões que eu tenho para não gostar de fazer mudanças podem ser bem exemplificadas abaixo a seguir:

Criar raiz

Quando moramos muito tempo no mesmo local criamos raízes ali e isto é bom pois temos essa necessidade de termos um referencial, ou seja um ponto de partida e chegada. No caso de crianças isto é bastante complicado, porque quando se passa praticamente toda a sua idade infantil mudando de uma casa para outra acompanhando os pais, isto acaba gerando uma falta de raízes e falta de referencial de moradia no período da infância, podendo ser refletido inclusive mais tarde quando na vida de adulto.

Criar raízes é algo bastante importante e acredito que em um mundo de constantes mudanças onde os referenciais são cada vez mais relativos, ter pelo raiz em relação a um lugar de moradia já é um bom começo.

Custo financeiro

O segundo motivo que me leva à não gostar de fazer mudanças é que em cada uma delas ocorre um custo financeiro relativamente alto. Esses custos geralmente acontecem porque há a necessidade de fazer o transporte dos móveis da melhor maneira possível, desde utensílios da casa e de uso pessoal, dentre outros pertences, onde é necessário geralmente à contratação de uma empresa especialidade em mudanças tanto dentro da mesma cidade quanto fora para outra região, muitas vezes também pode ser uma reforma do imóvel antigo que pode gerar uma mudança temporária, e existe toda uma ação necessária para a instalação na nova residência reformada. Ás vezes é necessário comprar móveis novos, fazer pequenas reformas, contratar serviços e profissionais para deixar à casa em ordem. Toda essa ação de mudança tem um valor e se você muda com muita frequência esse preço pode ser um pouco pesado no orçamento da família.

Normalmente quando se faz mudanças de casa, os seguintes custos estarão envolvidos de alguma forma:

  • Custo do transporte de móveis e demais itens da antiga moradia para a nova. Apesar de hoje ser comum usarmos os móveis planejados em que você não carrega os mesmos em caso de mudança, mas ainda assim temos os eletrodomésticos e utensílios em geral.
  • Custo de instalação e personalização. Isto ocorre com aquele tira daqui e põe ali. Estou falando de serviços como instalação de TV a cabo, gás, internet, telefone, entre outros.
  • Custos com reparos de danos causados em função da mudança. Isto pode ocorrer em função da quebra de algum objeto que precisa ser reposto e que não ocorreria se não fosse a mudança.
  • Custo com novos móveis e outros objetos que se tornaram necessários na nova moradia. É incrível, mas sempre que eu fazia uma mudança, surgia a necessidade de alguma coisa nova.
  • Entre outros.

Desestruturação

Não são raras ás vezes que uma mudança pode vir a causar uma certa desestruturação no seu ritmo de vida e da sua família por consequência. Isso pode estar relacionado a vários fatores como meios de transportes que nem sempre serão os mesmos que você tinha anteriormente e estava acostumada em sua rotina, desde o acesso a certos serviços básicos como farmácia, supermercados, clínicas, dentre outros lugares. É preciso contar com uma readaptação a nova vizinhança, novos locais para comprar, e até mesmo com o novo endereço para acostumar do endereço antigo. É claro que em tudo isso há o inverso da questão também, uma vez que você pode ter mudado para uma localização melhor, com mais qualidade, e terá a oportunidade de fazer novas amizades, conhecer novos lugares, mas ainda assim de alguma forma levará um tempo necessário para reestruturar e acostumar novamente.

Conclusão

Mudança as vezes são necessárias, mas podendo ser evitadas é realmente bom. Pelas razões acima expostas e por outras não citadas é que acredito que ficar raízes em algum lugar acaba sendo a melhor opção em termos de moradia para você e sua família.

Por Casa Dicas. Revisão: Carolina dos Santos

Perguntas e respostas

Toda mudança de casa é uma dor de cabeça?

Nem toda mudança é uma dor de cabeça, tudo depende muito do planejamento que você faz, bem como das características do local de onde você está mudando e para onde você vai se mudar.

É claro que em boa parte dos casos sempre gera algum estresse, pois desmontar uma casa em um local em montar ela em outro nem sempre é uma tarefa simples. Mas com um bom planejamento, uma mudança pode ser feita com relativa tranquilidade.

Usar caminhão baú é melhor do que aberto?

Sem dúvida nenhuma o caminhão baú é de longe a melhor alternativa para se fazer mudança. Aliás a ideia de mudar em caminhão aberto é uma prática que já está em bastante desuso, exceto em algumas regiões do interior do país onde esse tipo de prática ainda é comum.

Com um caminhão baú você tem mais privacidade ao transportar suas coisas, mais segurança pois evita a exposição dos móveis à chuva, vento, sujeira e outros intempéries da natureza, bem como pode fazer a mudança de maneira muito mais organizada.

Mudança em apartamento é mais difícil do que em casa térrea?

Na maioria das vezes sim. Apartamentos tem muitas regras para você entrar e sair com móveis, como dias, horários e outras observações que precisam ser consideradas.

Além disso é preciso levar em conta seu prédio para onde você está mudando ou de onde você está saindo tem elevador. Se tiver, é um problema menos, mais alguns edifícios pequenos de até quatro andares, não tem elevadores e aí subir e descer escadas carregando móveis, não é uma tarefa das mais simples de se fazer.

Por que tem pessoas que mudam tanto e outros não?

Boa parte das pessoas que se mudam não é necessariamente por opção e sim por necessidade. Uma pessoa que mora em casa de aluguel nunca estará segura naquele local e estes, são normalmente os que mais mudam de casa. Eu mesmo já morei muitos anos em casa de aluguel e fiz diversas mudanças, pois realmente pode acontecer do proprietário pedir o imóvel ou mesmo você buscar outra alternativa, uma vez que uma casa de aluguel é sempre vista como uma moradia temporária.

Tem alguma dúvida? Acesse o CasaDicas !Respostas
Faça sua Pergunta Aqui

Gostou? Compartilhe




© 2012-2019 | Casa Dicas | Deus seja Louvado | Política de Privacidade