Dicas e informações sobre casa e construção

De onde vem a água e o ciclo da água na natureza

A água que utilizamos todos os dias vem direto da natureza, de rios, lagos e mares. Mas para essa água chegar até nós é preciso que ela percorra um caminho inverso através da evaporação e precipitação. Conheça o ciclo da água.

A água é um dos maiores bens que há na natureza, sendo utilizada pelo homem para a realização de diversas tarefas e essencial para o bom desenvolvimento da humanidade. Seria impossível pensar a vida humana sem água, uma vez que apenas a escassez dela já causa muitos impactos na natureza.

O ser humano não consegue ficar mais do que cinco dias sem beber água, pois o corpo necessita dela para viver bem e realizar as suas funções corporais comuns, que são vitais para o bom funcionamento do organismo. É recomendada a ingestão, por dia, de cerca de dois litros de água, no mínimo.

Mas, e toda essa água que utilizamos, de onde ela vem? Qual o processo que ela passa antes de chegar em nossas residências para a utilização nas mais variadas tarefas? Existe o processo chamado ciclo da água na natureza, e é por meio dele, de forma natural, que a água tem a oportunidade de chegar até a sua casa. Quer saber tudo sobre? Vamos lá!

De onde vem a água que utilizamos todos os dias?

Rio de água corrente

A água que utilizamos todos os dias vem direto da natureza, de rios, lagos e mares. Dependendo de qual seja a forma de tratamento de água de uma região, boa parte dos reservatórios de água salinizada podem ser usados, pois há hoje em dia a possibilidade de aplicar o processo de dessalinização e retirar o sal da água por completo, sobrando um material como a água doce, para consumo humano.

Mas, em regiões onde não há a possibilidade de dessalinização e os processos utilizados para captação de água são convencionais, a água consumida é apenas de lagos e rios, que no ciclo da natureza sempre volta para esses reservatórios, o que mantêm eles sempre cheios o suficiente para suprir as necessidades da população.

Existem regiões que trabalham com o processo de captação de água por meio de forma mais convencional, onde a água passa pela coagulação, floculação, decantação, filtração, desinfecção, fluoretação e correção de PH, chegando por fim à rede de distribuição de água da cidade.

Mas, para que esse processo seja possível é preciso que a água, pelo seu ciclo natural, esteja presente nos reservatórios. A falta de água nos reservatórios pode causar uma série de complicações, com a escassez, que prejudicam o desenvolvimento de atividades necessárias ao dia a dia de muitas famílias.

Ciclo da água na natureza

Ciclo da água

Na natureza o ciclo que a água percorre compreende um processo bem simples de ser entendido, e que por vezes é ensinado apenas com a observação de uma imagem simples que explica o processo, sendo algo que podemos chamar de rotativo e continuo, onde a água passa da primeira até a última etapa e depois retorna de novo ao desenvolvimento do processo, de forma contínua.

A primeira etapa do processo de ciclo da água é a evaporação, onde as gotículas de água que são evaporadas formam nuvens na atmosfera, e o processo continua até que a nuvem esteja sobrecarregada e não consiga mais suportar tantas gotículas, que se desprendem e caem das nuvens, no processo que conhecemos comumente como chuva.

Após a chuva a água retorna para os lagos, rios e mares e volta a fazer o mesmo processo de forma contínua, sendo evaporada e logo após se precipitando, fazendo assim com que os reservatórios estejam sempre cheios e possam fazer a distribuição correta de água para a população.

Água doce e salgada disponível na Terra

Na Terra a água que utilizamos em processos mais baratos de tratamento é a água doce, exclusiva para o consumo quando o assunto é beber a água, que se encontra em menor quantidade. A água salgada, que há em maior quantidade, pode ser tratada pelo processo de dessalinização, mas não é própria para beber, apenas para as demais atividades.

De toda a água existente no planeta cerca de 96,5% da água é totalmente salgada, estando localizada em mares, enquanto apenas 3,5% é água doce própria para o consumo humano, localizada em geleiras, calotas polares, lagos e rios. Com isso, percebe-se a necessidade da economia de água, usando apenas para tarefas essenciais e evitando desperdícios desse bem tão importante na natureza.

Gostou? Compartilhe



© 2012-2019 | Casa Dicas | Deus seja Louvado | Política de Privacidade