Dicas e informações sobre casa e construção

Tipos de lixo e poluição: Lixo orgânico, eletrônico, hospitalar e outros

Conheça algumas classificações do lixo como o orgânico produzido nas residências, o novo lixo eletrônico, o hospitalar, entre outros tipos de lixo que são gerados nas indústrias, etc.

Confira os vários tipos de lixo e as preocupações que devemos ter com cada um deles, para contribuir com o espaço onde habitamos, para dessa maneira não ocasionar os mais diversos riscos a nossa saúde e dos que estão ao nosso redor. Aprenda as boas maneiras para o destino e a produção de lixo em casa ou nas organizações. Vale citar que é necessária a classificação do lixo para os diversos fins de coleta, além do seu correto tratamento. Isso porque a eliminação incorreta do lixo pode ocasionar sérios riscos à saúde de quem entrar em contato com o material, como por exemplo, o lixo hospitalar, que se não for tratado e coletado da forma correta pode prejudicar o indivíduo.

Orgânico

Esse tipo de lixo resulta dos descartes em residências, empresas, escolas, e da natureza. Podemos citar como exemplo de lixo orgânico as carnes, frutos, cascas de ovos, madeira, papel, sementes, entre vários outros. Dejetos humanos, como urina e fezes, também são considerados lixo orgânico, e podem causar doenças se não forem eliminados da forma correta.

Esse tipo de lixo é coletado em todas as cidades do Brasil e vão parar nos aterros sanitários das cidades. Muitos deles ainda são em céu aberto, enquanto que em outros já é feito o tratamento devido com aterramento adequado.

Eletrônico

lixo eletrônico informática

O lixo eletrônico compreende equipamentos eletrônicos, como computadores, baterias de celulares, televisões, telefones móveis, entre outros. É importante ressaltar que este tipo de lixo possui metais, cobre, ouro, alumínio, e outros materiais, e é um tipo de descarte que vem causando muitas preocupações por causa da poluição.

É preciso salientar que muito do que é descartado como lixo eletrônico vai parar em países subdesenvolvidos na África ou na Ásia. Há muito relatos de problemas que esses países enfrentam com esse tipo de lixo.

Radioativo

O lixo radioativo se origina do vazamento radioativo de aparelhos de raio-X e ainda das usinas nucleares, em maiores escalas.

Hospitalar

É o resultado de dejetos de hospitais e clínicas médicas, locais em que são usados materiais, como as seringas, agulhas, sondas, entre outros tipos de materiais, que em grande parte das vezes são eliminados da forma incorreta. Muitas vezes encontramos lixo hospitalar junto com o lixo de residência, o que pode prejudicar os coletores de lixo, que correm o risco de se ferirem e contaminarem com os resíduos.

Urbano

O lixo urbano é decorrente das ações e atividades feitas pelo ser humano, sejam em lugares como residências, hospitais, indústrias. Ele é o coletivo de vários tipos mostrado neste artigo.

Industrial

As indústrias são as principais geradoras deste tipo de lixo, que contam com restos de carvão mineral, restos de lixos químicos, gases, restos de matérias-primas utilizadas para a fabricação de produtos. Saiba que uma das formas de poluição com o lixo industrial é que os lixos em estado líquido são na maioria das vezes jogados nos mares e rios.

Coleta seletiva de lixo

coleta seletiva de lixo

A coleta seletiva de lixo é um procedimento muito indicado para o lixo residencial como o orgânico, eletrônico e outros. Em diversas cidades como Curitiba (PR), Itabira (MG), Londrina (PR), Santo André (SP), Santos (SP), Diadema (SP) e Goiânia (GO) já ocorrem a coleta seletiva, isto é a coleta separada do lixo destinado aos aterros sanitários e aqueles que serão reciclados para transformação em novos produtos. Verifique se em sua cidade a coleta já existe e adote a postura de separar o lixo.

Gostou? Compartilhe



© 2012-2019 | Casa Dicas | Deus seja Louvado | Política de Privacidade