Dicas e informações sobre casa e construção

Impermeabilização de teto, parede e alicerce de uma casa

Veja os tipos de impermeabilização que podem ser aplicados a teto, parede e alicerce de uma casa. Produtos usados e exemplos desses tipos de impermeabilização.

A água é um item essencial à nossa vida, mas se não tomarmos cuidado com ela, grandes podem ser os estragos em uma casa por conta de um grande problema chamado infiltração. Como sabemos a unidade pode vir de todos os lados e ao construir é necessário fazer as devidas impermeabilizações para evitar que a unidade possa gerar infiltração e danificar paredes, teto e outras partes da casa.

Veja abaixo os principais tipos de impermeabilização.

Impermeabilização do alicerce

Antigamente não se tinha o hábito de impermeabilizar o alicerce, ficando a preocupação apenas com as paredes, mas a umidade não tem regras e ela pode vir de todos os lados, inclusive pela terra que está abaixo da casa. Desta forma muitas paredes tinham infiltração por conta de problemas com umidade no alicerce.

Hoje o consenso é de que ao fazer o alicerce é necessário impermeabiliza-lo e para isso normalmente usa duas formas ou dois produtos, sendo um deles a base de concreto e outro asfáltico. Com isso, eles impedem que a umidade do solo suba para as paredes, evitando assim as famosas infiltrações.

Veja aqui exemplos e informações sobre impermeabilização de alicerce

Impermeabilização de paredes

As paredes sempre são uma preocupação a parte quando o assunto é infiltração, pois é nelas que surgem esses problemas. Existem algumas formas de proteger uma parede e creio que as formas mais comuns seja as seguintes:

Impermeabilizar contra umidade. Este tipo consiste em aplicar o impermeabilizante no reboco cru ou até antes do reboco em cima do chapisco.

Impermeabilizar contra batida de chuva. Esta impermeabilização é feita com um produto, cuja marca de referência é o Vedapren, embora existam outras marcas. Ele é aplicado na parede antes da pintura e evita que a água da chuva que bate ou escorre na parede penetre na mesma.

Veja aqui exemplos e informações sobre impermeabilização de paredes

Impermeabilização do teto

Depois de impermeabilizar paredes e alicerces, não podemos esquecer do teto que pode trazer muitos problemas com água da chuva, principalmente. Telhados com vazamentos, lajes expostas sem o devido tratamento pode ser um problema sério.

Nesses casos o ideal é tratar bem o telhado e garantir que não haja nenhuma goteira. Se não houver telhado e a laje estiver exposta à chuva é preciso impermeabilizar muito bem para evitar que haja infiltração.

A manta térmica é uma boa opção para telhado, já que além de garantir o conforto térmico, ela pode ajudar também na impermeabilização do telhado.

Veja aqui exemplos e informações sobre impermeabilização de teto ou telhado

Algumas perguntas e respostas

Dá para impermeabilizar uma parede que está com umidade?

Sim, uma parede com umidade pode ser impermeabilizada para resolver o problema. Mas primeiro é preciso entender qual é o problema que você tem, para poder aplicar a solução correta.

De onde está vindo essa umidade? Se você conhece a origem e se for possível eliminar a fonte dessa unidade, esta é a primeira coisa a fazer. Depois é preciso retirar o reboco e deixar a parede exposta até estar totalmente seca. Feito isso você pode aplicar o impermeabilizante direto no bloco ou no tijolo, espera secar, depois rebocar novamente em cima e dar o devido acabamento.

Como resolver problemas com trincas na parede?

As trincas são problemas bastante sérios e podem ser usadas para infiltração de água e consequentemente problemas maiores na parede. Para resolver esse tipo de problema, o ideal é você abrir um pouquinho mais as trincas e aplicar um impermeabilizantes a base de concreto, depois corrija o reboco em cima e faça a devida pintura.

Se for trincas internas que não envolva infiltração de água, elas podem ser corrigidas apenas com massa corrida e depois pintado em cima.

Dá para passar impermeabilizante em cima da tinta na parede?

O ideal é que você aplique o impermeabilizante na base da parede, inclusive sem o reboco, como explicado na questão acima. Para que ele seja mais efetivo, ele deve ser aplicado no tijolo e depois a rebocado novamente em cima para depois ser pintado. Embora seja possível você passar em cima da tinta, mas isso apenas em locais onde não ficará exposta a parede, caso contrário será necessário pintar de novo.

Como identificar a origem de uma infiltração?

Esta é uma tarefa que nem sempre é fácil, pois existem casos que ela é bem evidente e fácil de perceber, mas em outros não. Lembro de uma pequena infiltração que apareceu no teto de um dos quartos da minha casa e depois de avaliar bem não identifiquei por onde a água poderia estar entrando. Precisei chamar um profissional que trabalha com calhas depois de algumas análises identificamos uma possível entrada em um determinado ponto da calha. Fizemos a correção e parece que o problema resolveu.

Então, a identificação da origem de uma infiltração pode ser um trabalho minucioso e as vezes requer alguns testes e um acompanhamento para tentar entender por onde a água está infiltrando. Mas identificar a origem extremamente importante para que você possa aplicar a correção correta.

Quais as consequências das infiltrações?

São muitas as consequências de uma infiltração de água na parede, no teto ou mesmo através do alicerce. Primeiro que ela vai aos poucos danificar a estrutura, como a pintura, o reboco, gesso, revestimentos, pisos e outros. Depois eu preciso considerar que ela vai gerar aquele bolor na parede ou no local onde está a infiltração, mofo e até mal cheiro.

Se não for corrigido, a infiltração pode causar realmente muitos danos em uma casa e inclusive diminuir o valor de mercado da mesma, sem contar que pode trazer problemas respiratórios para as pessoas que moram nos locais com grande incidência de infiltração.

Gostou? Compartilhe




© 2012-2019 | Casa Dicas | Deus seja Louvado | Política de Privacidade