Dicas e informações sobre casa e construção

Como funciona o sensor de temperatura, presença ou ambientes?

Veja qual é a importância, bem como o método de funcionamento dos sensores de temperatura, presença ou ambientes. Veja onde eles são usados e os benefícios que trazem.

Os sensores de temperatura, presença ou ambientes fazem parte das nossas necessidades atuais, e vale dizer que tornam os nossos dias mais tecnológicos e práticos.

A verdade é que esse tipo de equipamento normalmente as vezes tem um custo mais elevado, mas há muitas empresas, condomínios e residências que fazem uso deles. O mesmo vale para locais públicos.

Veja abaixo o que é cada um deles:

1 – Sensor de temperatura

O sensor de temperatura funciona da seguinte forma: ele transforma a temperatura do ambiente em questão, seja ele qual for, em sinais elétricos, que vão aquecendo aos poucos e enviando a um indicador de temperatura o aviso sobre qual temperatura ela é.

Normalmente ele é usado em máquinas variadas, e até mesmo em veículo. Acaba tendo grande importância no nosso cotidiano, porque nos ajuda a reconhecer a temperatura em uma série de contextos que nos são fundamentais!

Veja aqui exemplos de sensores de tempeatura

2 – Sensor de presença

Os sensores de presença funcionam ou pelo movimento das pessoas, ou pela sua temperatura corporal. Se são sensores infravermelhos é a variação da temperatura do ambiente que acabará detectando que há alguém presente no local. É preciso que esses sensores estejam calibrados para detectar a temperatura do corpo de um ser humano.

O outro tipo de sensor é o que tem emissores de micro-ondas, que acabam captando o movimento de quem está no local. Não existe um que funciona melhor que o outro, e na realidade os dois atendem ao propósito em questão, então a escolha depende das suas necessidades no final!

Normalmente esses sensores são utilizados para proteger casas, condomínios, empresas, museus e bancos.

O sensor de presença pode ser usado para diversos fins, entre eles podemos destacar:

  • Segurança: Com a intenção de identificar a presença de pessoas em locais onde elas não deveriam estar.
  • Controle de luz: É acionado quando alguém entra em determinado ambiente. Muito usado em garagens, por exemplo, para acender a luz quando você chega com o carro. Mas pode ser usado para luz de hall de portão, sala e outros ambientes.
  • Aviso de presença: Muito usado em empresas e escritórios para avisar que um cliente entrou. Isto é útil para empresas que não tem uma recepcionista fixa, assim, a entrada fica vazia e quando alguém entra, o sensor avisa e alguém próximo vai atender.

Veja aqui diversos exemplos de sensores de presença

3 – Sensor de ambiente

O sensor de ambiente detecta a mudança de temperatura do ambiente físico, afim de equilibrar a temperatura de equipamentos específicos. É o caso do ar condicionado e da geladeira, isso para citar só alguns exemplos.

Tratam-se de equipamentos primordiais no nosso dia a dia, já que sem esse controle da temperatura do ambiente esses aparelhos não funcionam como devem, e acabam nos trazendo prejuízos, nem que seja pela sua inoperância diante das nossas próprias demandas.

Veja aqui exemplos de sensores de ambiente

Perguntas e respostas

Esses sensores podem alertar a polícia?

Podem. Em alguns casos esses sensores (como o de presença) são conectados a uma rede, que alerta a polícia para possíveis invasões, permitindo que as forças policiais tenham a chance de prender os meliantes, o que é importante tanto para quem foi prejudicado por eles, quanto para o resto da sociedade!

Esses sensores trazem mais conforto?

Também. O sensor de temperatura permite que haja medida de temperatura, controlando-a, e o mesmo vale para o de ambiente, que ajuda a manter os aparelhos funcionando de uma forma que nos ajude e que nos seja favorável. Junto ao sensor de presença todos eles trazem praticidade e conforto às nossas vidas, com certeza!

Gostou? Compartilhe




© 2012-2019 | Casa Dicas | Deus seja Louvado | Política de Privacidade