Dicas e informações sobre casa e construção

O que é financiamento imobiliário e como financiar imóveis

Quais são os passos para financiar uma casa, apartamento ou outro imóvel pela Caixa? O que significa financiar, quais os impedimentos que pode haver no processo na Caixa.

O financiamento de imóveis é bastante comum no Brasil e tem se tornado mais popular ainda com a expansão do mercado imobiliário nos últimos anos, isto graças à melhora da economia brasileira, aos incentivos do governo para a obtenção de moradia e é claro da necessidade das famílias em obter uma casa ou apartamento para morar.

O que é financiamento

Na prática um financiamento imobiliário é o mesmo que comprar um imóvel com dinheiro de terceiro, ou seja, os imóveis são vendidos a vista e você não tem dinheiro para pagar a vista, então recorre a um banco que lhe empresta o dinheiro para o pagamento do imóvel e cobrará este valor em parcelas mensais e sucessivas, acrescidas de juros, seguro e outras taxas, até que todo o valor seja pago.

Basicamente o financiamento de imóveis pela Caixa, que é o banco que mais financia, funciona da seguinte forma:

Passo 1:

A primeira coisa a fazer é encontrar o imóvel que você deseja comprar. Ele pode ser novo ou usado, pode ser de uma incorporadora ou construtora que está lançando um empreendimento ou pode ser a casa do seu vizinho que está a venda.

Passo 2:

Agora é hora de fazer uma simulação do financiamento. Esta simulação, baseada nas informações do imóvel e nas suas informações, mostrará entre outras coisas:

  • O valor máximo que poderá ser financiado
  • O valor inicial da parcela que você irá pagar
  • Os valores das demais parcelas, já que na Caixa o valor das parcelas são regressivos
  • A taxa de juros que você pagará
  • A quantidade máxima de parcelas disponíveis (isto dependerá da sua idade)
  • Entre outras informações úteis.

Para fazer a simulação, acesse o site da caixa: https://www.caixa.gov.br, vá na aba Habitação e depois em Simulador de Financiamento.

Passo 3:

Depois que encontrar o imóvel verifique a documentação do mesmo e dos proprietários para certificar que não haverá nenhum impedimento na Caixa. A documentação do imóvel precisa estar regularizada e averbada. Entenda o seguinte: na certidão do imóvel que você irá requerer no cartório de registro de imóveis precisa constar exatamente o que existe no imóvel, tudo tem que estar averbado, pois o engenheiro da Caixa vai até o local para conferir isso.

A documentação dos proprietários também deve ser considerada. Problemas no SPC, Serasa, Banco Central, dívidas trabalhistas já julgadas e não pagas, problemas no INSS e Receita Federal devem ser consideradas.

Passo 4:

Estando tudo OK, procure uma agência da Caixa, eles irão solicitar uma lista de documentos que de maneira geral são:

  • CPF, RG, Certidão de Casamento e comprovante de endereço de todos os envolvidos (comprador e vendedor)
  • Comprovante de renda e certidões negativas do comprador
  • Matrícula do imóvel, certidão da prefeitura para calculo do ITBI, entre outros.

Processo do Financiamento

Depois de juntar toda a documentação, a Caixa irá realizar o processo interno que incluirá uma visita do engenheiro deles ao imóvel para avaliação do mesmo, ao final do processo que pode demorar de semanas a meses, compradores e vendedores assinarão o contrato de financiamento com a caixa. O vendedor precisará esperar ainda mais uns 30 dias para receber o dinheiro da Caixa, já que a liberação só ocorre depois que for registrado o imóvel para efeito de averbação do bem financiado.

Feito todo o processo o comprador é dono de um imóvel e agora terá de pagar mensalmente a prestação até a quitação que pode levar até 420 meses, que é o limite máximo que a Caixa libera. Boa sorte e bons negócios.

Dicas extras

  • Imóvel novo. Dê preferência à compra de imóveis novos, pois para efeito de financiamento pode ser melhor, já que a condição do imóvel é levado em conta na avaliação dele como garantia do financiamento que você estará pleiteando.
  • Opte pela Caixa. Se você tem conta em outro banco, considere ele, peça uma proposta, mas não deixe de considerar a Caixa que geralmente tem as melhores condições para financiamento habitacional.
  • Burocracia e espera. O processo não é rápido ou pelo menos, não era. É preciso ter um pouco de paciência e enfrentar uma certa dose de burocracia. Faz parte.

Gostou? Compartilhe



© 2012-2019 | Casa Dicas | Deus seja Louvado | Política de Privacidade