Dicas e informações sobre casa e construção

Ar condicionado gasta muito energia? A conta de luz aumenta muito?

Será que o aparelho de ar condicionado doméstico aumenta muito o consumo de energia elétrica e consequentemente o valor final da conta? Veja um exemplo prático mostrando isso.

O ar condicionado que antes era um símbolo de status tornou-se agora objeto de uso comum em boa parte das residências, isto porque o aumento da temperatura média nos tem levados a buscar alternativas para o conforto doméstico. Mas junto com esta boa alternativa vem também uma preocupação que é com o possível aumento do valor da conta de luz. É verdadeira a ideia que o ar consome muita energia elétrica?

Ar condicionado gasta muito energia?

Sim. O ar condicionado é possivelmente o equipamento doméstico que mais consome energia e que trará maior impacto no valor final da conta de energia. O motivo para isso é que o ar está no grupo dos aparelhos domésticos que geram calor e esses tipos são os vilões. Neste grupo também está o ferro de passar, o chuveiro, a geladeira e outros.

Parede com ar condicionado

A conta de luz aumenta muito?

Sim. Isto também pode ser verdadeiro caso o uso seja grande no mês. Se você ligar alguns dias apenas e por períodos não muito prolongados é possível que você não perceba grande diferença no valor final da conta, mas se o uso for grande a diferença poderá assustá-lo.

Vou dar um exemplo. Veja a tabela abaixo, ela representa o histórico de consumo de energia em minha residência nos meses finais de 2012 e nos primeiros meses de 2013.

histórico consumo de energia elétrica

Note que em pelo menos dois meses o consumo de energia aumentou significativamente. Mas por quê? Veja agora outra tabela que representa a média da temperatura máxima em minha cidade no mesmo período. Esses dados eu coleto mês a mês de um site que mostra as temperaturas registradas.

média temperatura máxima

Observe que os meses mais quentes, outubro e dezembro de 2012 são os meses que geraram a conta mais alta de energia. Note que os valores altos das contas são nos meses seguintes a esses que registraram altas temperaturas. E de fato foi isso mesmo, pois em outubro e dezembro eu usei muito o ar condicionado e o resultado ficou bastante visível.

Nos últimos dias do mês de outubro, por exemplo, foram registradas as seguintes temperaturas máximas aqui na minha cidade (interior de SP):

  • 25/10 – 33.6 graus
  • 26/10 – 34.7 graus
  • 27/10 – 34.3 graus
  • 28/10 – 35.8 graus
  • 29/10 – 34.7 graus
  • 30/10 – 37 graus
  • 31/10 – 36.6 graus

Especialmente em dias como esse o ar ficou ligado o dia todo e boa parte da noite, então o impacto do ar no valor da conta realmente foi bastante alto. O modelo que uso é um modelo split da Consul de 12.000 Btus.

Dois aparelhos de ar condicionado

No final de 2015, já em outra residência, instalei dois novos aparelhos de ar condicionado, um de 7.000 btus no meu escritório (home office) e outro no quarto de 9.000 btus. O uso desses dois aparelhos, nos meses seguintes à instalação foram basicamente desta forma:

7.000: Uso durante o dia apenas, em algumas horas a tarde e em dias quentes;

9.000: Uso a noite em período mais prolongado, das 22hs às 06hs, aproximadamente. Mas isto em alguns dias apenas. Só quando a noite está realmente quente.

Diferença no consumo

Mudei para esta casa em abril de 2015 e desde então o consumo em kWh foi o seguinte:

  • Abril/2015: 104
  • Maio: 249
  • Junho: 272
  • Julho: 288
  • Agosto: 275
  • Setembro: 320
  • Outubro: 295
  • Novembro: 354
  • Dezembro: 447
  • Janeiro/2016: 362
  • Fevereiro: 419

Observe os meses de dezembro de 2015 e fevereiro de 2016 onde o consumo aumentou muito. Foram exatamente ai que provavelmente o uso do ar condicionado foi maior. Janeiro, apesar de quente, fiquei uns dias fora e com isso diminuiu a quantidade de dias de consumo.

Exceto, o ar condicionado, nada mudou em termos de aparelhos e usos dos mesmos, logo, recai sobre os dois aparelhos de ar condicionado o aumento significativo na conta de luz.

A conta do meu vizinho

Conforme explicado acima, eu uso pouco e somente nos dias ou noites realmente quente e por isso não houve um aumento tão grande na quantidade de kWh consumida. Mas fico imaginando o caso do meu vizinho, por exemplo. O ar condicionado dele ficava ligado por muito tempo, sei disso, pois ouço o barulho da minha casa. Em casos assim, o consumo pode ficar elevado e a conta altíssima.

Como economizar com o ar condicionado?

Apesar dele consumir muita energia elétrica, existem alguns cenários que podem piorar mais ainda a situação ou melhorar. Veja algumas dicas:

  • Faça o correto dimensionamento da quantidade de btus necessário. Achar que um aparelho de menor capacidade irá gastar menor energia nem sempre é verdadeiro. Se você colocar um aparelho menor do que o recomendado, significa que ele vai ficar ligado direto para tentar resfriar e ai ele consome muito. É o mesmo que deixar sua geladeira aberta;
  • Deixar portas ou janelas abertas com o ar condicionado, gera o mesmo problema acima, ou seja, ele não consegue refrigerar o ambiente e fica ligado direto;
  • Compre aparelhos de classificação A quanto ao consumo de energia;
  • Converse com o profissional da instalação sobre a melhor forma de instalar, bem como o melhor modelo. Existe hoje os modelos inverter que economizam muita energia, mas é preciso saber se ele será eficaz para o seu caso.
  • Segundo a propaganda, o modelo inverter é mais econômico, pois ao invés de ligar e desligar como acontece nos modelos convencionais, ele fica ligado direto em ciclos mais baixos, evitando assim o liga e desliga que pode ser o fator de maior consumo.

Como calcular a quantidade de BTUs?

Ao comprar um aparelho, cada um deles tem uma medida em BTU e é importante saber dimensionar para evitar que não ocorra a refrigeração adequada e que o consumo de energia aumente mundo.

Você deve fazer o seguinte cálculo: Multiplica-se a metragem quadrada do ambiente por 600.

Exemplo: Um quarto com 12 metros quadrados:

12 x 600 = 7200 BTUs

Mas é preciso incluir na conta acima mais dois aspecto: pessoas e equipamentos eletrônicos. Geralmente adiciona 600 por cada pessoa e dependendo do aparelho, mais 600. Em termos de aparelho, considera-se aqueles que vão emitir calor, como computador, por exemplo.

Uma resposta para “Ar condicionado gasta muito energia? A conta de luz aumenta muito?”

  1. Leonardo Sampaio disse:

    Obrigado pela informação, foi muito útil!

Deixe uma resposta

© 2012-2017 | Casa Dicas | Deus seja Louvado | Política de Privacidade