Dicas e informações sobre casa e construção

Dica de construção: Diferença entre ferro e aço

Entenda nesta dica de construção civil qual a diferença entre ferro e aço e alguns de seus usos mais comuns. Veja um vídeo explicando o processo de transformação do ferro em aço.

A construção civil usa diversos tipos de materiais, como madeira, cimento, areia, saibro, telhas e blocos cerâmicos, tijolos, ferro e aço, entre outros. Muitos materiais usados têm similaridades quanto a sua aplicação, ferro e aço, por exemplo. Mas qual a diferença entre eles, se é que existem?

Ferro e aço muitas vezes podem ser confundidos com a mesma coisa. No entanto, existem diferenças fundamentais entre os dois materiais. Fatores como resistência, durabilidade, corrosão, custo, versatilidade e sustentabilidade são as principais diferenças entre os dois e a razão pela qual o aço é preferido como material de escolha para a construção.

O aço é uma liga composta de elementos como carbono e ferro. O ferro é um elemento encontrado na crosta terrestre. O ferro é na verdade o metal de base encontrado no aço. Isso contribui para a força geral do aço.

Enquanto ferro forjado e ferro fundido foram o material de escolha nos tempos antigos, eles foram substituídos por aço durante a Revolução Industrial. A força e a vantagem econômica do aço sobre o ferro inauguraram uma nova era de construção.

Ferro

O ferro é um minério encontrado na natureza e por sua vez encontra-se em certa quantidade de mistura o que o torna pouco resistente a corrosão e a resistência. Ele foi muito usado no passado na sua forma tradicional até o descobrimento do aço.

Aço

Segundo o Instituto Aço Brasil (antigo Instituto Brasileiro de Siderurgia – IBS) foi com a Revolução Industrial que o aço passou a ser produzido em escala, isto graças a invenção dos fornos que permitiam corrigir as impurezas do ferro e ainda adicionar propriedades que o tornariam resistente ao desgaste, impacto e corrosão. Desta forma o aço é formado basicamente por ferro e carbono.

Nos Estados Unidos o aço desempenhou um papel significativo para o desenvolvimento das cidades que se verticalizaram com o uso em massa deste material, além de pontes, linhas de ferro e outras aplicações. Andrew Carnegie foi um industrial que revolucionou o mercado de ferro e aço com a produção em massa no final do século XIX e tornou-se um dos homens mais ricos de sua época ao lado de outros americanos como John D. Rockefeller, outro industrial que chegou a controlar 90% das refinarias de petróleo com a sua empresa, a Stand Oil Company e John Pierpont Morgan (J. P Morgan) um banqueiro que fez fortuna com a indústria da eletricidade nos estados unidos (GE – General Eletric).

Ferro e aço na construção civil

Na construção de uma casa usamos materiais de ferro e aço, alguns exemplos podem ser:

  • Ferro: portas, janelas, barras de ferro, entre outros.
  • Aço: Metais sanitários, torneiras, barras de aço para sustentação, entre outros.

Durabilidade

Ao procurar construir uma estrutura que se sustente contra o tempo e os elementos, o aço é a melhor opção. O aço estrutural pode tolerar força e calor extremos. Isso significa que ele pode suportar o fogo e tem uma alta resistência a outros elementos, como vento e chuva. O aço tem um risco menor de ser afetado por mofo ou bolor do que o ferro. Isso acaba por impactar a integridade de um edifício ou projeto de construção.

Devido à natureza versátil do aço,é considerado um dos materiais mais duráveis ​​utilizados na construção. O aço não racha, deforma, torce, racha ou apodrece. O ferro não pode corresponder a essas qualidades. A durabilidade do aço é uma das principais razões pelas quais é favorecido em projetos de construção sobre o ferro.

Custo

Na maioria dos casos, o aço estrutural é mais econômico do que o ferro para uso na construção. A produção em massa de aço desde a Revolução Industrial tornou um material economicamente vantajoso. O aumento da produção observado na indústria siderúrgica nos últimos 30 anos também contribuiu para sua acessibilidade econômica.

O aço é estruturalmente mais leve que o ferro. Isso tem um enorme impacto nos custos gerais da construção durante a construção. A produção de aço também é considerada um processo mais barato que o ferro. O grau de aço irá impactar seu preço. O mesmo acontecerá com um impacto maior no preço do ferro. Ferros mais fortes, como o ferro fundido, exigem níveis maiores de produção, o que significa custos mais altos.

Sustentabilidade

O ferro e o aço são considerados como sustentáveis. O aço estrutural é, na verdade,100% reciclável e um dos materiais mais sustentáveis ​​utilizados na indústria da construção. O aço pode ser reciclado de novo e de novo. Tudo sem perder a durabilidade. Devido à sua famosa durabilidade, o aço é considerado uma alternativa ecológica ao ferro.

Enquanto o ferro é totalmente reciclável, ele depende de um processo de produção intensivo em energia. Por outro lado, o consumo de energia na produção de aço diminuiu significativamente nos últimos 30 anos. Essa tendência continua à medida que a pegada de carbono da indústria siderúrgica diminui.

Versatilidade

Quando usado na construção, o aço permite flexibilidade e criatividade. O aço pode ser dobrado e moldado para atender às necessidades de qualquer projeto. É por isso que o aço é usado para formas complexas, como peças de seção transversal oca. Os arquitetos confiam cada vez mais no aço por sua virtude independente em design e expressão. O melhor de tudo, isso é alcançado sem comprometer a funcionalidade.

O ferro geralmente será muito mole para ser usado em sua forma pura. Quando misturado com uma liga ou carbono, a versatilidade do ferro aumenta. O ferro era uma escolha popular para os arquitetos durante o período vitoriano, pois poderia preencher moldes intricados. Isso levou a muitos detalhes ornamentais clássicos que ainda vemos hoje. Enquanto o ferro contribui para grandes detalhes ornamentados na arquitetura, não é tão versátil quando se trata de construção.

Veja abaixo um vídeo mostrando o processo de transformação do ferro em aço:

Fontes: Aço Brasil: https://www.acobrasil.org.br

Canal History: https://www.seuhistory.com/programas/gigantes-da-industria.html

Novo Telecurso  - Fundação Roberto Marinho e Fiesp (vídeo)

https://www.resdil.com.br/voce-sabe-a-diferenca-entre-ferro-e-aco-na-construcao-civil/

Por Redação e Aline Priscila da Silva Muniz Nóbrega

Gostou? Compartilhe




© 2012-2019 | Casa Dicas | Deus seja Louvado | Política de Privacidade