Dicas e informações sobre casa e construção

Trabalhar em casa e as tendências dos empregos em casa

É possível trabalhar em casa e ganhar dinheiro a distância. Veja algumas tendência e razões para acreditar que o emprego em casa poderá crescer muito nos próximos anos no Brasil.

O fenômeno mundial conhecido como homework ou trabalhar em casa em uma tradução livre já existe no Brasil e a julgar por alguns fatores que irei relacionar abaixo acredito que ele terá terreno fértil por aqui. Os números ainda são pequenos o suficiente para não fazer muito barulho, mas trabalhar em casa ou o conceito de empregos em casa pode ser uma tendência muito forte para os próximos anos.

Trabalhar em casa versus emprego em casa

Primeiro é preciso diferenciar uma coisa da outra, pois trabalhar em casa tem um sentido muito amplo e perfeitamente aplicável a muitas rotinas que de fato devem ser feitas em casa, já o termo emprego em casa trata-se desta nova modalidade de trabalho onde uma pessoa é empregada em uma empresa, mas desenvolve seu trabalho em sua residência sem precisar estar presencialmente na empresa. Seja qual for o caso, os parâmetros abaixo levam em consideração tanto quem trabalha em casa, como autônomo, por exemplo e quem tem carteira assinada.

5 razões que podem tornar o conceito de homework um fenômeno no Brasil.

1. Trânsito

O trânsito está se tornando um dos grandes problemas da vida moderna, a quantidade de automóveis nas ruas são alarmantes e a infraestrutura de nossas cidades cada dia que passa sofre mais para suportar o grande volume de automóveis. Aliado a isso tem a pressa e a falta de educação de boa parte dos motoristas que colocam em risco não só suas vidas como de terceiro.

Sair fora do trânsito é uma coisa que muita gente gostaria de fazer, afinal, acordar em uma segunda-feira e não precisar pegar trânsito para ir ao trabalho contribuiria significativamente para a qualidade de vida das pessoas. Este é um dos motivos que irá certamente incentivar o trabalho em casa.

2. Custo de deslocamento

Não bastasse o caos do trânsito é necessário ainda considerar o custo de deslocamento que cada vez é mais caro. Em uma país que tem um transporte público precário, a alternativa é comprar carro e bancar seus custo, que não é barato. Se o trabalho em casa for uma alternativa viável, além de evitar trânsito, evita-se também o custo de  deslocamento que é bom para o trabalhador e para a empresa também.

3. Conveniência

Os fatores acima já são suficientes para convencer as pessoas de que vale a pena pensar neste novo modelo de trabalho, mas além disso tem ainda outros itens de conveniência como: horários flexíveis, o conforto de casa, em alguns casos poder fazer outras atividades domésticas em paralelo e por ai vai.

4. Tecnologia

Naturalmente que ter um emprego em casa não é viver isolado do mundo, você terá de se comunicar com clientes, fornecedores, as demais pessoas da própria empresa, entre outros. Neste caso a tecnologia precisa estar presente e contribuir de forma efetiva para a comunicação eficiente. Telefone, Skype, internet e outros recursos são aliados neste processo.

5. Legislação

Como explicado no início do artigo, uma coisa é quando você trabalha em casa como autônomo e outra coisa é quando tem um emprego formal, mas desenvolve o trabalho em casa. Este segundo caso ainda é bastante complicado de ser praticado no Brasil, especialmente por falta de uma legislação que dê amparo a este tipo de atividade. Mas com o crescimento deste setor, certamente haverá ajustes na atual legislação a fim de regular o modelo de homework e permitir seu desenvolvimento efetivo por aqui.

Extra: Pandemia do coronavírus

Quando escrevi este artigo os fatores que mais pesavam a favor do trabalho em casa basicamente eram os que expus acima, claro que isso na minha maneira de enxergar a situação e respeitando as limitações da minha interpretação como um cenário geral.

Mais um ano de 2020, um inesperado fator surge e provoca uma reviravolta tremenda na maneira como trabalhamos. Estou falando obviamente da pandemia do coronavírus.

Muita coisa aconteceu no ano de 2020 com a chegada da pandemia do coronavírus, e uma das mudanças muito significativas que ele provocou foi obrigar as pessoas a trabalhar em casa, acelerando assim uma tendência que já existia, mas que caminhava com passos bem mais lentos.

Quase que de um dia para noite, profissionais de inúmeras áreas se viram obrigados a trabalhar em casa já que boa parte das atividades presenciais ficou comprometida com a necessidade do isolamento social e depois do distanciamento social para evitar a propagação do vírus da COVID-19.

Então, o que era apenas uma tendência, agora tornou-se uma realidade e para muitos sem nenhum planejamento e em muitos casos até sem a infraestrutura necessária para tal.

Na atualização desse artigo (05 de janeiro de 2021), estamos ainda no meio da pandemia no começo do ano de 2021, não sabemos o que vai acontecer daqui para frente, mas uma coisa é certa: o home office ou homework que era uma tendência muito forte, hoje é uma realidade para uma parcela muito significativa das pessoas. Se esta tendência é temporária ou se ela ficará permanente, o tempo nos dirá.

Problemas do trabalho em casa

Mas nem tudo são flores no trabalho em casa, afinal dividir o espaço entre moradia e trabalho não é para todos e a disciplina é fundamental para separar as coisas. Nem todas as pessoas tem o perfil de trabalhar no mesmo endereço onde mora, especialmente se for um escritório. Alguns dos problemas mais comuns, podem incluir:

  • Tentação da geladeira: se a pessoa ganhar uns quilinhos, não deverá estranhar muito, pois trabalhar em casa com a geladeira por perto pode ser um problema, especialmente no início, mas esta é uma disciplina que precisa ser trabalhada.
  • Compreensão dos filhos e cônjuge: Quem tem filhos, especialmente se eles forem ainda pequenos, a dificuldade pode ser grande, uma vez que muitos podem não compreender que você está trabalhando e imaginar que o fim de semana agora são todos os dias. Por isso é muito importante ter um escritório separado e claro ter uma boa comunicação com eles para explicar o momento em que você está disponível e quando está trabalhando.
  • Falta de contato presencial: algumas pessoas poderão experimentar alguma dificuldade nesta área, pois o contato presencial é importante e em muitos casos, necessário. Desta forma, aqueles que são obrigados a adotar o home office de maneira muito rápida poderão ter mais dificuldades ainda.
  • Entretenimento: não é apenas a geladeira e os filhos que podem surgir como dificuldades de trabalhar em casa. A tendência é você se dispersar mais, pois tem o celular, a tv, os livros e um monte de coisas que talvez não estaria tão disponível assim se você estivesse na empresa. Então, de maneira geral é preciso se policiar um pouco mais nesta área também.

Gostou? Compartilhe




© 2012-2019 | Casa Dicas | Deus seja Louvado | Política de Privacidade