Dicas e informações sobre casa e construção

Dá para construir uma casa boa em um terreno de 140 m/2?

Veja algumas dicas para construir uma casa de 3 dormitórios, suíte, sala e cozinha em um terreno pequeno de 140 metros quadrados. Veja uma planta que foi usada na construção.

O tamanho de um terreno é um dos fatores mais importantes para se considerar no ato da compra, afinal o projeto da sua casa estará limitado ao espaço que você terá para a construção. Logo quanto maior o terreno mais liberdade terá para construir, mas em casos de terrenos muito pequenos o desafio é grande, as limitações são maiores e muitos projetos precisarão ser revistos.

Terreno de 140 m/2

Eu tive uma casa que foi construída em um terreno de 140 m/2, quando comprei a casa ela já estava praticamente pronta, faltando apenas alguns detalhes no acabamento, portanto não participei do projeto, mas confesso que a casa era boa e a planta dela milagrosamente cabia dentro de um terreno relativamente pequeno. A julgar por este episódio posso afirmar que é possível sim fazer uma boa construção em 140 m/2, mas há algumas ressalvas. Primeiro, dê uma olhada na planta que eu tinha.

planta casa grande terreno pequeno

Agora considere algumas questões que percebi na época que morava lá.

O jardim de inverno é a peça chave deste quebra-cabeça, então não é possível pensar em uma casa de três dormitórios, sendo uma suíte, com sala e cozinha em um terreno de 140 m/2 sem considerar a existência do jardim de inverno.

Boa parte da casa está na divisa e este é um ponto que você precisa considerar muitos por dois motivos. O primeiro é se a prefeitura da sua cidade aceita isso, o segundo é o tipo de construção que há do outro lado. Casas na divisa podem trazer muitas dores de cabeça e neste caso as margens do terreno foram severamente comprometidas. Eu tive muito problema de barulho com um dos vizinhos, pois a sala dele era grudada na minha parede e dava para ouvir a TV, conversas e claro o gênero som das músicas que ele ouvia.

Como podem ver os quartos não eram grandes e nem dava para fazer maior, exceto de ao invés de 3 dormitórios, fossem feitos apenas 2, mas creio que seja um ganho que não compensaria, para a maioria dos casos. Apesar disso, o tamanho deles era o suficiente para o que precisávamos e pelo menos o quarto principal não era tão pequeno.

A planta não consta garagem, já que o que existia na época era apenas uma entrada para carros sendo aberta, mas posteriormente eu fiz uma cobertura e ficou muito bom, com aspaço para guardar dois carros em área coberta.

O grande problema de terrenos estreitos como este é que como cada casa faz uma entrada de garagem, sobra um espaço muito pequeno para estacionamento na rua. Isto é ruim para pessoas que visitam sua casa, como em um dia que você faz uma festa e fica bem complicado achar lugar para estacionar.

Então a resposta para a pergunta inicial é sim. É possível fazer uma boa casa em um terreno de 140 m/2, mas todos os detalhes acima precisam ser considerados e os cuidados redobrados pelo fato da exploração muito extensa da divida do terreno.

Problemas de terrenos pequenos

Antigamente os terrenos eram bem grandes e isto pode ser muito bem observado quando você analisa o tamanho dos terrenos nos bairros mais antigos das cidades. Como não havia ainda problemas de falta de espaço, não havia muito a preocupação em limitar tanto a área para construção. O mesmo se aplica a apartamentos, já que os antigos geralmente são bem grandes, diferentemente dos modelos atuais que são minúsculos.

Mas o tempo passou, a população aumentou, boa parte das pessoas do campo migraram para as cidades e com isso as cidades foram crescendo e a disputa por espaço foi ficando cada vez maior. A solução é dividir em partes menores para atender mais gente. Matemática pura!

Com isso surgiram os terrenos pequenos que são maioria absoluta nos bairros dos subúrbios das cidades brasileiras, especialmente das médias e grandes cidades.

Eles são de 140, 180, 200 e quando muito 250 metros. Nesses terrenos pequenos como os de 140 metros que citei acima há vários problemas, como alguns que relaciono abaixo:

  • Se o terreno tem 7 metros de frente e você usa uma pare disso para a entrada de garagem, sobra muito pouco para estacionar na rua. Como há terrenos dos dois lados com as mesmas características, em muitos locais, estacionar é uma dificuldade. Se for carro grande, as vezes nem cabe entre uma garagem e outra.
  • A distância entre a sua casa e dos seus vizinhos é muito pequena e esta proximidade tira a privacidade e não é incomum ser causa de problemas de desentendimentos entre vizinhos.
  • Não sobra espaço para um quintal e para quem gosta de um pouco de jardinagem ou cultivar algum tipo de planta em casa, fica muito sem opção. Contudo, algumas cidades exigem que as novas construções tenham um mínimo de área verde.
  • É praticamente inevitável ter de fazer a construção na divisa. Isto pode ser problema, pois se não for bem feito, pode ter problemas de infiltração, dependendo do que o seu vizinho fizer do outro lado. Sem contar o barulho e outros inconvenientes.

Gostou? Compartilhe



© 2012-2019 | Casa Dicas | Deus seja Louvado | Política de Privacidade