Dicas e informações sobre casa e construção

Reforma de casa ou apartamento. 5 dicas de quem já reformou

Deixar o imóvel durante a reforma, contratar um bom profissional e tentar fazer o mais rápido possível, veja essas e outras dicas para quem está planejando reformar a casa ou o apartamento.

A reforma de casa ou apartamento é algo bastante comum, especialmente quando este muda de dono ou quando é alugado para outra pessoa, mas também ocorre bastante quando um proprietário deseja reformar a casa onde mora. Neste caso alguns cuidados precisam ser tomados para tentar realizar o trabalho sem grandes desconfortos ou infortúnios. Veja abaixo pelo menos 5 dicas úteis de quem já reformou para quem irá passar por este processo de reforma da própria residência.

Se possível abandone o imóvel durante a reforma

Sim. Esta dica você precisa levá-la muito a sério e quem já reformou sabe disso. Eu sei que muitas pessoas acabam convivendo com reforma e moradia ao mesmo tempo, mas a dica é: “se possível”. Durante uma reforma que executei em minha casa, tive que conviver com as duas coisas e confesso que não é fácil. A vida vira de pernas para o ar, o ambiente desconfortável, sem contar a poeira e os possíveis problemas de saúde, especialmente para crianças. Pó, cheiro de tinta, materiais de construção que podem cortar ou ferir uma pessoa estão por todo o lado.

Sem contar que os próprios profissionais que vão trabalhar na reforma não gostam de fazer reforma quando a casa está cheia de móveis. Isso atrasa muito trabalho, torna bem mais complicado desenvolver certas atividades e por isso não é bom nem para você muito menos para quem vai trabalhar.

Outro problema muito comum é a possibilidade de estragar móveis e eletrodomésticos, já que reforma e construção é um trabalho bastante bruto e acaba realmente trazendo alguns problemas nesse sentido.

Tente fazer o mais rápido possível

Se não for possível deixar o imóvel enquanto a reforma é feita, tente então fazê-la o mais rápido possível, mais isto sem atropelar nada. Reforma é um pouco diferente de construção, ela precisa ser executada o mais rápido possível para garantir o mínimo de transtorno.

De fato, ninguém gosta de ficar muito tempo fazendo construção reforma, por isso tentar fazer um prazo razoavelmente rápido é sempre uma alternativa. Contudo é preciso tomar cuidado com a pressa, pois ela pode acelerar demais o processo e atropelar algumas etapas. Portanto é preciso tomar também esse cuidado e ter aí um certo equilíbrio entre fazer rápido, mas sem uma pressa excessivo.

Cuidado com o famoso: uma coisa estraga a outra

O famoso faz uma coisa e estraga a outra pode aparecer com certa frequência em reformas. Mexer em parede, tentar consertar pisos e telhados geralmente acaba expondo outros problemas ou o que é pior, criando problemas que não exista. A dica é analisar com cuidado o que deverá ser feito e como será feito. Negocie isto com o pedreiro e acompanhe os trabalhos. Pedreiros são ótimos profissionais, mas há muitas reclamações de coisas que foram feitas e que não deveriam ter sido feitas, então, você precisa participar da reforma e assim garantir que uma coisa mal pensada possa trazer prejuízos ao imóvel e a reforma em si.

Mas mesmo com todos os cuidados é importante ter em mente de que certamente alguma coisa pode acontecer em termos de prejuízos. Pois como explicado, reforma realmente acaba mexendo muito no imóvel e as vezes é comum acontecer até de maneira acidental que peças e outras coisas que não estavam incluídas na reforma acabam sendo danificadas.

Escolha um bom profissional

profissionais para a reforma de casa ou apartamento

Dando sequencia ao tópico anterior é preciso tentar contratar um bom profissional para executar a obra. Se você não conhece o trabalho dele, visite outras obras que ele tenha feito e converse com antigos clientes. Aqui não é só a questão qualidade do trabalho de pedreiro, pintor, marceneiro ou outro tipo de profissional, é também quanto a pessoa em si. Este profissional e sua equipe são formadas por pessoas sérias, honestas, de boa índole? Lembre-se que eles ficarão um bom tempo dentro de sua casa.

Geralmente fica mais caro

Para finalizar tem ainda a máxima de que o valor final geralmente é maior que o maior planejado ou esperado para a reforma. Lembro-me de ter comprado uma determinada quantidade de pisos para uma garagem e depois tive que comprar outra quantidade pois não foi suficiente para terminar. Quebra de pisos e cortes para cantos acabam perdendo muitas peças. Então tenha em mente que talvez você vá gastar mais do que gostaria, a menos que faça um bom planejamento para a sua reforma.

Aliás esta regra pode ser aplicada tanto a reforma como a construção, pois geralmente fica mais caro. Por mais que você planeje e tenha um bom acompanhamento disso, há muitos fatores não previstos e acabam onerando o custo final da obra. Sem contar que enquanto você está fazendo, acaba enxergando situações que poderiam já ser feitas naquele momento e acaba incluindo de última hora itens adicionais que vão de alguma forma onerar mais no final.

Gostou? Compartilhe




© 2012-2019 | Casa Dicas | Deus seja Louvado | Política de Privacidade