Dicas e informações sobre casa e construção

Como prevenir, combater e acabar com ratos em sua casa

Veja uma histórica verídica de como acabei com uma infestação de ratos em minha casa usando um método simples e barato. Vejas as dicas de como combater esta praga e mantê-los longe de sua casa.

Tem gente que gosta de ter animais em casa, eu não. Especialmente se estivermos falando de animais peçonhentos, como ratos, baratas, cobras e outros. A verdade é que este tipo de bicho ou ataca as pessoas ou causa doenças, como é o caso do rato, logo, manter esses animais longe de casa é antes de mais nada, uma questão de saúde.

Veja que no título do artigo usei três verbos, sendo: prevenir, combater e acabar. Portanto ao se tratar de ratos, todas essas ações precisam ser tomadas, pois não é tão simples acabar com eles.

Uma história

Um belo dia percebi que tínhamos mais do que pessoas em casa, alguns pequenos sinais já mostravam que um morador intruso estava por ali. Fezes e urina são os primeiros sinais que os ratos deixam por onde passam.

Como a coisa parece que só aumentava, comecei a caçá-los a fim de eliminar, mas encontrar ratos é difícil, pois eles são animais noturnos e durante o dia ficam escondidos em algum lugar onde dificilmente você irá encontrá-los.

Minha esposa acorda muito cedo para trabalhar e em algumas vezes quando ela chegava na cozinha, quem estava lá? Outras vezes acontecia antes de irmos dormir, tipo, você está na cama e antes de dormir de fato resolve ir na cozinha tomar água ou ir no banheiro e lá estava ele.

Mantando um rato

Sempre que achava um, eu e meu filho fazíamos o melhor que podíamos para pegá-lo. Matamos alguns, mas outros escaparam. Matar um rato não é uma tarefa simples, pois eles são muito rápidos, passam em lugares minúsculos e se escondem de uma forma que é difícil saber como eles fazem isso.

Foi ai nesta luta contra eles que percebi que a coisa não estava funcionando. Primeiro que não era apenas um, havia uma pequena infestação, pois matávamos um e aparecia outro. Segundo que estávamos tratando as consequências e não a causa do problema.

Métodos de combate

ratueira tradicional

Usei vários. O primeiro e mais tradicional foi a ratoeira comum. A regra é simples: coloca um pedaço de queijo nela, arma a ratoeira e coloca em um lugar estratégico. Nada. Não pegamos um sequer.

Comprei veneno e espalhei pela casa e na lavanderia onde eles geralmente apareciam, mas não funcionou também. A razão você vai entender logo abaixo.

ratueira adesivo

Comprei um adesivo (imagem acima) que pareceu uma ideia fantástica, pois você abre ele e deixa ele posicionado em um lugar estratégico com alguma coisa em cima para o rato vir comer. Então ele vem comer e fica preso no adesivo que tem uma cola super grudenta. Grudou um pouquinho na minha mão ao colocar e confesso que deu um trabalho enorme para tirar.

Mas também não funcionou, aliás, funcionou de forma errada, pois acabou pegando um passarinho que veio comer a comida que coloquei ali. Logo vi que também não era a solução.

A solução

ratueira de plástico

ratueira aberta

Por fim encontrei o método adequado. Uma ratoeira como a que você ver nas imagens acima. Ela é uma peça de plástico, é fechada, mas tem duas aberturas, uma de um lado e outra de outro. No meio ela tem um compartimento onde você coloca o veneno.

Ela funciona muito bem, pois ela usa uma espécie de psicologia do rato. O que aprendi sobre esse bicho é que ele anda ou corre sempre a beira da parede, pois está sempre procurando esconderijo e quando se sente ameaçado entra no primeiro que encontra.

Então, esta ratoeira é um esconderijo perfeito para ele e melhor ainda é que quando ele entra para se esconder, encontra alimento. Pronto, eis a fórmula perfeita: casa e comida.

Ele entra, come e depois vai embora, pois ele não é um animal de ficar parado muito tempo. Então, ele morre em outro lugar em suas andanças.

Qual veneno usar?

Aqui entra uma estratégia interessante. No início estava usando apenas o veneno comum, que são as sementes envenenadas ou aqueles flocos granulados. Eles funcionam bem, mas quando o rato morre, especialmente se for perto de casa ou até em casa o fedor e horrível e quando você descobre o local o rato já está em decomposição, dificultando inclusive a retirada, limpeza e higienização do local.

Depois eu descobri que o ideal é misturar um pouco de um veneno chamado de “Era Rato”. Ele é um líquido que você joga em cima do outro veneno granulado. O resultado é que quando o rato morre, ele seca, literalmente. Isto facilita a retirada e não dá aquele mal cheiro tão forte.

Como prevenir?

Com a aplicação do método acima, morrem muitos ratos, mas vez ou outra aparecia mais algum. Então foquei para entender de onde eles estavam vindo, já que dá minha casa não era.

Eu moro em um condomínio e minha casa é a última da rua, logo ela faz divisa com o muro do condomínio. Foi ai que comecei a observar e depois eu mesmo vi ratos andando sobre o muro. Ou seja, eles vinham pelo muro e eu tinha um pé de mamão e um de amora que ficam bem próximos do muro e como cresceram, algumas folhas permitiam que eles descessem por essas plantas até o meu quintal.

Cortei o pé de mamão e todos os galhos da amoreira que ficava próximos do muro. Além disso, coloquei duas ratoeiras em cima do muro e depois disso houve apenas um único caso muito tempo depois. Mas a infestação acabou.

Algumas dicas importantes

Para finalizar, gostaria de sintetizar alguns aprendizados que tive e como você poderá usá-los para prevenir a presença de ratos em sua casa:

  • Não deixe lixo acumulado em sua casa. Lixo é comida para eles e onde há comida, pode ser um bom atrativo;
  • Não deixe entulhos, como resto de construções e outros tipos, pois isto pode gerar um ambiente propício para eles se esconderem e até proliferarem;
  • Certifique que não há buracos ou festas na porta de sua casa que permita a entrada deles. No meu caso eles entravam provavelmente por uma fresta que havia na porta da cozinha, já que ela é de vidro e de correr, então ficava uma pequena fresta entre o vidro e a parede. Não subestime a capacidade deles de passar em lugares muito pequenos;
  • No primeiro sinal (fezes ou urina) que encontrar, coloque uma ratoeira, como a demonstrada acima. Se ele aparecer de novo é quase certo que em dois dias ele apareça morto em algum lugar;
  • Assim como aconteceu comigo, eles podem vir de outros lugares e portanto é importante entender a origem deles para criar estratégias a vim de intercepta-los antes de chegar a sua casa. Uma vez identificado, a melhor forma de prevenir é colocar a ratoeira com o veneno no caminho dele;
  • Tome cuidado com ralos de esgotos ou mesmo esses ralos de águas pluviais que escoam a água para a rua. Se eles ficarem abertos é um caminho muito propício para eles chegarem até sua casa. Para as águas pluviais, use aquelas grelhas de ferro que são pesadas e ralos de esgotos devem ser sempre fechados, pois neste caso além de ratos, podem vir outros bichos, como o escorpião.

Gostou? Compartilhe



© 2012-2019 | Casa Dicas | Deus seja Louvado | Política de Privacidade