Dicas e informações sobre casa e construção

O que é ar condicionado inverter e a diferença para o convencional

Veja uma comparação sobre os sistemas de ar condicionado que temos atualmente: convencional versus inverter, as diferenças e características de cada um. Veja um exemplo de funcionamento e como eles usam energia elétrica para o funcionamento.

Usar um aparelho de ar-condicionado em casa deixou de ser um luxo e hoje é visto como extrema necessidade, pois ele melhora o bem estar durante uma noite de sono ou mesmo durante o dia nas atividades cotidianas.

Existem no mercado diversos tipos de aparelhos de ar-condicionado, como os modelos convencionais, inverter e o dual inverter, por exemplo. Mas qual a diferença entre eles, bem como as vantagens e desvantagens de cada um deles oferece para o uso em casa?

Veja abaixo uma breve comparação para você compreender a forma de funcionamento e assim decidir pelo modelo mais adequado na hora da compra.

Sistema de ar condicionado convencional

Aparelho de ar condicionado

O modelo convencional funciona no sistema liga e desliga, muito parecido com o que acontece com a geladeira da sua casa.

Para compreender melhor o seu funcionamento imagine que a temperatura ambiente seja de 27° e você liga o ar e programa ele para funcionar em 22 graus.

Ao ligar o aparelho vai ser acionado em potência máxima a fim de baixar a temperatura e de 27 ele vai cair para 26, 25, 24, 23, 22 e ainda que você tenha programado para ele funcionar em 22, ele continuará ligado baixando ainda mais para 21, 20, 19 graus. Quando chegar em 19° o aparelho desliga.

Como aparelho está desligado a temperatura começa a subir e aí volta para 20, 21, 22, 23, 24 e aí o aparelho liga e começa resfriar novamente atingindo uma temperatura um pouco abaixo daquela que você programou.

Assim o ciclo se repete e ele vai ficar ligando e desligando, atingindo uma temperatura bem acima o que você havia programado e bem abaixo, mas o que ele faz é tentar manter a média que você especificou.

Atenção: Não estou afirmando que seja esta a diferença que ele faz de 3 graus acima e abaixo. Os números são apenas para você entender como ele trabalha.

Qual a desvantagem desse sistema?

Basicamente são duas:

  • A primeira delas é que a temperatura não será constante e haverá momentos em que você sentir um pouquinho de calor e outro sentir um pouquinho de frio. Isto é complicado especialmente para dormir, pois tem horas da noite que você vai acordar sentindo calor, enquanto em outros momentos vai acordar sentindo frio. Assim, a temperatura não será estável, mas vai ficar oscilando em torno de uma temperatura média.
  • A segunda é o problema é o alto consumo de energia elétrica, pois cada vez que o aparelho liga ele precisa dar potência máxima para resfriar o mais rápido possível ambiente e esse sistema liga e desliga é o que faz o aparelho consumir muita energia.

Modelo inverter

O modelo inverter funciona ligeiramente diferente do convencional, sua grande característica é o fato dele não desligar e assim ele trabalha numa espécie de marcha lenta e aí está a grande vantagem dele.

Vamos tomar o mesmo exemplo acima para aplicar ao inverter.

O primeiro momento ele faz a mesma coisa que o convencional, ou seja, ele pega a temperatura de 27° e vai baixando ela até chegar nos 22°. Quando chegar nos 22 graus ele não desliga, mas mantém o funcionamento em uma rotação baixa apenas para conservar a temperatura que ele atingiu. Isto não significa que ele vai ficar com a temperatura constante em 22, pois de toda forma haverá uma pequena oscilação para mais ou para menos, mas a diferença é bem menor do que o que acontece no convencional.

O fato dele se manter ligado permite o melhor controle da temperatura mantendo ela o mais próximo possível da temperatura que você programou. Na verdade não é que ele não desliga nuca, ele pode desligar em alguns casos, mas a tendência dele é manter-se ligado e evitar o liga desliga.

Vantagens do inverter

Se no modelo convencional eu sinalizei duas desvantagens, aqui eu posso sinalizar duas vantagens que são as mesmas só que inverso.

  • A primeira vantagem dele é que você vai ter uma temperatura mais estável e não vai ter aquela sensação de quente e frio, calor e frio, como acontece com o modelo convencional. Este fato é importantíssimo para você ter um conforto térmico adequado, especialmente na hora do sono.
  • A segunda vantagem dele é a economia de energia elétrica, pois não sendo necessário ele dar altos picos para resfriar o ambiente, isso significa que o aparelho a trabalha numa situação mais folgada exigindo menos energia elétrica para o seu funcionamento.

Dual inverter

O modelo dual inverter é uma evolução do inverter e tem basicamente as mesmas características, sendo de uma tecnologia mais avançada, assim, pelo menos pela propaganda, ele seria mais eficiente energeticamente, mais silencioso e mais inteligente no controle de funcionamento do compressor.

Qual é o modelo é o melhor?

Conforme visto na comparação acima fica evidente que o modelo do ao inverter é o melhor deles em termos de economia de energia elétrica.

Em termos de conforto térmico tanto inverter como dual inverter vão conseguir proporcionar basicamente a mesma experiência.

Já o modelo convencional ajuda bastante e é útil, mas eu não recomendaria você comprar um modelo de ar-condicionado novo do modelo convencional. Apesar do custo do inverter ser um pouquinho mais alto, acredito que o investimento vale a pena, pelas razões acima expostas.

Eu tinha em minha casa apenas os aparelhos convencionais, mas do meu quarto eu troquei por um inverter e mais recentemente durante uma reforma que fiz, coloquei no quarto do meu filho o modelo dual inverter, assim estou trocando aos poucos. Falta mais um quarto e no meu escritório que tem um de 7000btus convencional.

Gostou? Compartilhe




© 2012-2019 | Casa Dicas | Deus seja Louvado | Política de Privacidade