Dicas e informações sobre casa e construção

Reforma de casa: fazer passo a passo ou tudo de uma vez?

Veja essas dicas que mostram em que situação é mais vantajoso fazer a reforma de uma casa no processo passo a passo e quando vale mais a pena fazer de uma única vez.

Chega um dia que você olha para a casa e conclui que é hora de pensar em uma reforma. As razões para tal conclusão são diversas, como a deterioração natural do prédio com o uso e passar do tempo, a revigorarão do imóvel com a intenção de venda, problemas estruturais causados por acidentes, entre outros.

Seja qual for o motivo, a reforma é sempre uma tarefa complicada e eu cito pelo menos três razões para isso:

Liberar a casa

É possível reformar uma casa, mesmo morando nela? Se a resposta for sim, isto já é em si um grande problema, pois só quem já fez isso sabe de como é complicado conduzir a rotina diária em casa em meio a um canteiro de obras. Se a resposta for não, então é necessário fazer a mudança com os móveis e liberar toda a casa para a reforma, que também é uma tarefa árdua.

Danificar o que está funcionando

O segundo ponto que julgo crítico é o risco de estragar o que não deveria fazer parte da reforma e assim acabar estendendo para além daquilo que foi planejado inicialmente. Reformar é diferente de construir. Quando se faz a construção, tudo é novo e vai sendo montado do zero. Na reforma, existem coisas que serão alteradas e outras não. Manter esta separação e garantir que uma coisa não afete a outro é uma preocupação que faz muito sentido.

Encontrar os materiais certos

A terceira razão de preocupação é que nem sempre é possível encontrar os mesmos materiais para reposição e isto é uma grande dor de cabeça. Cito como exemplo os pisos e revestimentos que a menos que você tenha guardado quando construiu, pode ser complicado encontrar do mesmo modelo e principalmente do mesmo lote.

Há também o caso de tomadas, luminárias, torneiras, entre outros itens que normalmente mudam de modelo e sai de linha.

A reforma

Então atento a todas essas questões precisamos responder a pergunta principal do artigo, afinal, é melhor fazer a reforma passo a passo ou tudo de uma vez?

Recentemente fiz e de certa forma ainda estou fazendo a reforma da minha casa e este assunto me trouxe grande interesse, bem como uma boa opinião sobre ele. Posso afirmar que ambos as posições podem ser benéficas, mas para chegar a tal conclusão devemos analisar o contexto de cada uma, como segue:

Reformar de uma vez

Minha posição inicial era esta e foi assim que me preparei, pois queria pegar e fazer tudo o que fosse preciso e assim terminar logo e tocar a vida.

Esta maneira de reformar é boa quando você tem dinheiro para fazer todo o processo e não dispõe de muito tempo para tal. Não faz muito sentido então ficar esperando muito, neste caso é fazer as coisas acontecer.

Mas pelo menos no meu caso eu tive alguns problemas com esta abordagem, pois acabei atropelando as coisas e talvez não tive tempo para refletir melhor sobre o que estava sendo feito e assim corrigir erros que acabaram existindo.

Assim, aqueles que pretendem fazer a reforma relâmpago ou acelerada devem ter um bom cronograma e uma boa administração da obra para garantir que o tempo não reflita negativamente na qualidade final do trabalho.

Reforma passo a passo

Então, foi diante desta situação que vivenciei e de fato ainda estou vivenciando que mudei de opinião e hoje acredito que a reforma passo a passo, pode ser mais benéfica do que se imagina.

Com isso, o que ainda resta para fazer na minha casa, pretendo adotar tal postura e ir reformando as coisas na medida do possível e sem muita pressa. É claro que existem coisas que precisam ser feitas de uma única vez, mas fora isso, creio que dividir as tarefas e executá-las separadamente tenha sérios benefícios, como listo abaixo:

  • Organização do material: Ao trabalhar desta forma, a compra e a estocagem do material de construção podem ser feitas de maneira mais organizada, evitando desperdício e compra desnecessária.
  • Fazer, avaliar, fazer: Este é um conceito importante, pois antes de fazer a etapa seguinte, dá tempo de avaliar a anterior e assim verificar o que deu certo ou não, podendo ainda fazer ajustes e certamente tirar aprendizado que será usado nas próximas etapas.
  • Controle financeiro: Não é segredo para ninguém que a conta de uma reforma acaba ficando mais alta do que o previsto inicialmente. Assim, ao dividir e executar passo a passo, você pode ir equalizando o capital e não corre o risco de ficar no vermelho.
  • Mais tranquilidade: Reformar de uma única vez exige muita movimentação, correria para dar conta de entregar no prazo determinado, entre outros. Ao optar por uma reforma passo a passo isto tende a fluir mais tranquilamente, sem a pressa e consequentemente o risco de atropelar as coisas.

Gostou? Compartilhe




© 2012-2019 | Casa Dicas | Deus seja Louvado | Política de Privacidade