Dicas e informações sobre casa e construção

Garagem para um ou dois carros, qual delas vale a pena fazer?

Qual é o método ideal para construção de uma casa em relação à garagem, ou seja, é melhor fazer garagem para um ou dois carros? Vale a pena investir mais um pouco e fazer duas vagas?

Antigamente as construções de casa não levavam em consideração a garagem, pelo menos é o que a gente observa em inúmeras casas antigas e a razão para isso é muito simples: não havia muitos automóveis e por isso não havia necessidade de construir garagens. A verdade é que os automóveis são antigos e datam do início do século 20 com a empreitada de Henry Ford ao criar os primeiros modelos comerciais em massa, como o Ford Modelo A e o Modelo T. Mas por aqui a popularização dele em grande escala só veio mesmo coma implantação das montadoras no Brasil isto já na segunda metade do século 20.

Quando os automóveis começaram a ficar populares as cidades já estavam bastante desenvolvidas e as casas não tinham garagens, como observamos ainda até hoje nos bairros mais antigos. Mas as novas construções já passaram a ceder um espaço para a construção da garagem para um automóvel.

Mas como o crescimento não parou e de um carro por família, agora as pessoas passaram a ter dois carros e com isso uma garagem só já não resolvia mais o problema, como isso houve muitas adaptações nos imóveis e as novas construções já observam este importante detalhe.

Garagem para um ou dois carros, qual delas vale a pena fazer?

garagem dois carros

Primeiro é preciso analisar a necessidade de cada um, ou seja, quantos carros você tem ou pretende ter em casa? Segundo é preciso pensar que um dia você poderá vender a casa e ai a pessoa que for comprar poderá valorizar muito mais a sua casa se ela tiver espaço para dois carros na garagem. Isto é fato. Assim como ela valorizará muito mais a sua casa se ela tiver 3 dormitórios e não apenas dois.

Se você tiver espaço, faça a garagem para dois carros, mesmo que não precise no momento ou que não vá usá-la de início. Algumas coisas precisam ser feitas de maneira bem racional e pensando apenas no uso próprio, mas outras precisam ser feitas visando o investimento e os ganhos que ela trará no futuro. Creio que o tamanho da garagem deva entrar neste último item.

Com isto é preciso pensar além daquilo que você precisa agora e não construir uma casa visando apenas atender a sua necessidade atual, mas pensando na valorização que ela poderá ter se você tiver uma garagem mais ampla que permita a entrada de pelo menos dois automóveis. Pense nisso na hora de construir.

Algumas observações:

Quanto a largura

O que vai determinar se a garagem para um carro, para dois ou até mais automóveis é provavelmente a largura da construção. Se a largura for muito estreita isto significa que caberá apenas um automóvel, enquanto as garagens mais largas vão permitir a entrada de dois ou até mais automóveis. Para determinar isso é preciso dar uma olhada na tabela de largura e comprimento dos automóveis que pode ser visto neste link sobre tamanhos de automóveis e com isso entender qual seria a largura mínima para um carro, para dois carros ou para mais automóveis.

Quanto a profundidade

A profundidade tem a ver com o comprimento dela é isto não é tão fundamental quanto a quantidade dos carros, mas sim com o tipo de automóveis que você pretende colocar. Imagine que a intenção seja aguardar apenas um carro popular, como gol, uno ou esses carros pequenos. Neste caso a profundidade não precisa ser tão grande, mas se você tiver uma caminhonete provavelmente precisará de uma garagem bem mais profunda para que a mesma seja obrigada.

Quanto a altura

O mesmo princípio se aplica à altura, uma vez que existem automóveis com alturas bem diferente dos outros e assim será necessário observar também esses dados para determinar se você precisa de uma garagem com teto mais alto, ou se uma altura padrão já é o suficiente. Lembrando que para automóveis comuns basta uma altura de uns 2,5 m.

Quanto ao fechamento ou portão

Outro item bem importante quanto o fechamento da entrada da garagem, ou seja, o tipo de portão que você vai colocar. Existem os modelos basculantes, deslizantes e também os modelos de abrir, podendo ser manuais ou automáticos. Geralmente os modelos basculantes são muito bem-vindos, mas para quem não quer que ele abrir para fora e que você tenha espaço lateral os modelos deslizantes também são bons. Para alguns casos de pessoas que moram em condomínio, e estes não exigem o fechamento da frente da casa e consequentemente este é um ponto positivo, visto que você ganha espaço, evita custos e deixar mais aberto. Por outro lado, o carro pode ficar exposto ao sol mesmo na garagem, que é um ponto que muita gente não gosta.

Quanto a rampa ou acesso

Por fim importante também pensar na rampa de acesso à garagem, pois em muitos casos esta pode ser bastante complicado. Lembro de uma casa que minha mãe morou e a garagem era na parte de baixo da casa e assim você tinha que descer uma rampa muito linda e tão logo saia da rua. Lembro que na época eu tinha um automóvel quase sempre ele arrastava por baixo quando eu ia entrar na garagem já que não era muito acessível a rampa de acesso.

Gostou? Compartilhe




© 2012-2019 | Casa Dicas | Deus seja Louvado | Política de Privacidade